Drömma

aisling . dream . rêve . sogno . sonho . sueño . traum . śnić
Drömma Dreaming Logger — Coleção de Sonhos — Sonhário
Tenho medo do escuro / Sossa

Tenho medo do escuroOuço um som, um som estridente próximo a minha casa. Olho pela janela, todas casas baixas, uma rua de paralelepípedos. Vejo clarões a luz do dia, bombas e aviões. Estava no meio de uma guerra, imagino que a segunda guerra mundial. Um zunido estridente toca, agora mais próximo, corro para o porão da minha casa. Tenho medo do escuro. O porão é um lugar escuro, muito escuro, sem luz, quente. Sinto que preciso fugir, sair daquele lugar, da minha casa, daquela cidade. Mas não posso fugir, aquela é a nossa casa, e eu prometi que o esperaria lá. Ele me prometeu voltar, foi obrigado a ir servir a nossa pátria. Não posso ir embora, ele prometeu que voltaria. Os zunidos aumentam, bombas começam a cair por toda parte. Eu não as vejo, mas sei que elas estão caindo cada vez mais perto. Sinto que devo fugir dali. Mas não posso. Ele vai voltar. Lá é nosso lar. Nosso porto seguro. As bombas estão mais perto, sinto o chão tremer. Tenho medo do escuro. Tenho medo de não vê-lo mais. Fecho os olhos, abraço minhas pernas. O chão treme. A estrutura da casa treme. Um estrondo. Um peso cai sobre mim, uma dor intensa toma conta do meu corpo. Sinto frio. Não consigo me mexer. Sinto frio. Tenho medo do escuro. Sinto frio. Tenho medo de não vê-lo mais. Sinto frio. E, de repente não me sinto mais.

Acordei! Um acordar desesperado e ofegante. Era como se tivesse despertado de uma outra vida. Uma vida que se foi, deixando em mim uma marca profunda, além do medo do escuro.