Drömma

aisling . dream . rêve . sogno . sonho . sueño . traum . śnić
Drömma Dreaming Logger — Coleção de Sonhos — Sonhário
Fernando sei PLinio e pipasx / xandre

Estava na casa de JUlinho , quando vi Fernando sentado no sofá ao lado uma pipa rasgada, perguntei se podia pegar ele não deixou fui para rua e tinha uns meninos jogando bola andei e parei na casa de seu PLÍNIO tinha um aquário vazio, nisso chegou meu primo Alex e perguntou o que eu estava fazendo ali, olhei para o lado e vi seu Plínio ele me olhava com uma lágrima nos olhos, olhei para meu primo com vontade de chorar e chamei ele para ir embora pois lembrei que TInho tinha morrido.
Feira Vendendo Limão / Xandre

Estava andando pela rua, quando entrei em uma feira e vi Fabinho vendendo frutas ele tinha que deixar tudo bem arrumadinho pois as mercadorias já estavam acabando, mais o que me chamou a atenção foi um caixote com limões, eram bem verdes e de tamanho pequeno, nisso chegou meu primo Alex com ferramentas e gritando que estávamos atrasados para terminar o serviço, tinha duas escadas rolantes que tinham um movimento acerelado demais , não dava para subir, então fomos ate o relógio que mede luz e acabamos de instalar.
Apartamento e meu pai some com o carro / xandre

O apartamento tinha um ar misterioso, eu voltava da escola para almoçar, apareceu Bruno com umas sucatas de computador e dizia para eu enganar o dono e dizer que o hd estava ruim eu disse que iria fazer isso pois estava precisando, Luciana cismou que eu tinha de experimentar um Ice Tean de maça, quando dei um gole vomitei tudo e dizia que só gostava de suco de laranja e minha mãe tinha preparado um copo bem gelado, desci para pegar o carro e voltar a escola e meu pai tinha saído fiquei desesperado pois tinha prova e ia perder, encontrei minha mãe na rua e pedi a chave pois tinha que pegar algo e quando cheguei no apartamento, chegando la a tv ligava sozinha e tinha um ar de mistério parecia assombrado, tentei fechar a porta e nada, do lado de fora tinha duas meninas estregando panfleto de supermercado, depois fui parar no bar da minha tia e Tião pediu para assar uma pizza que estava em cima do balcão.
Baleias Orcas devorando Rodrigo / xandre

estava no bar da minha madrinha que dava nos fundos para o mar da sacada eu ficava olhando quando vi baleias nadando, eram orcas e vi um porco caído na água sendo devorando aquilo levantou uma grande onda e alagou uma parte do bar trazendo um monte de peixes pequenos, que ficaram nadando na poças de água, minha tia perguntou o que eu tinha feito, ai mostrei a ela as baleias uma sendo capturada por pescadores que desceram e fizeram uma grande festa com várias garrafas de champanhe, quando vi meu colega Rodrigo sentado com a água nos pés disse a ele para sair dali, mais já era tarde ele estava sem movimento nenhum, um homem tentou puxar mais metade do seu corpo jã tinha sido engolido pela baleia.
Galinhas no quintal / xandre

antiga casa da minha avó quando olhei para a janela vi uma grande parte do quintal do vizinho cercada como se fosse da minha avó, então desci e vi uma grande criação de galinhas com muitos pintinhos resolvi então que ia comprar milho para elas, e ia perguntar a seu Tião qual ração deveria comprar, mais no meio vi um pintinho cheio de bichinhos, e as galinhas bicando para tentar tirar só que o pintinho sentia muita dores fiquei com muita pena .
Levando Pedrinho no Médico / xandre

Estava levando Pedrinho no médico com minha mãe de Ônibus a estrada era linda tinha vista para o mar E pedrinho não sossega estava fazendo muita bagunça, o ônibus parou na estrada escangalhado e minha prima e minha mãe resolveram ir andando e eu fiquei com minha outra prima que pediu para pegar um copo de água em uma fabrica em frente ao mar.
Correndo atras de pipa de cueca / xandre

Passei pela casa de Henrique e ele veio caminhando comigo e vimos doi garotos com uma barraca acampados no meio da rua e vendo Tv, Henrique foi embora e eu fiquei em frente ao bar da minha tia vendo as pipas cruzando no alto cada uma que voava eu levantava para correr atras mais eu estava com a bermuda levantada e só de cueca as pessoas começavam a rir, era muita pipa e eu estava ficando com raiva que corria e minha cueca aparecia, Vi Henrique pegando uma branca e pedi para ele me dar a pipa ele perguntou se eu tinha linha eu falei que sim, e estava com pouco cerol mais dava para laçar assim mesmo. Quando uma mulher gritou já não basta esse menores abandonados vendo Tv jna rua agora você Alexandre só de cueca em.
Pegando onda no mar e minha namorada com queimadura no rosto / xandre

Estava em Cabo Frio o mar estava muito batido e o radio anunciava um furacão, achei uma prancha de body e comecei a me divertir no mar, a água esta preta, fria e as ondas eram fortes isso dizia que o furacão estava perto, minha namorada gritava dizendo que eu ia machucar mais ainda meu ombro, quando fui ver estava no gramado da minha casa com um menino soltando pipa ameaçava a chuva e recolhemo as pipas, a chuva caiu forte e quando olhei para o lado as pipas estavam encharcadas esticadas na grama, entrei correndo e entrando o quarto vi minha namorada deitada com queimaduras de sol pelo rosto, ela chorava e dizia que não ia mais a praia, colocando purpurina nas marcas para esconder as queimaduras.
Tiago no Transito / xandre

Tiago estava andando no meio da rua quando eu vi comecei a buzinar sem parar para assustado, ele pulou para a calçada e começou a xingar pois ele não sabia quem era por ausa do insufilm muito forte nos vidros, ei olhei para traz e vi ele sentado em uma moto e balançando a cabeça, comecei a acelerar e vi que ele estava vindo acelrelado mandei minha mãe abrir o vidro, quando ele passou do meu lado me reconheceu e acelerou um tipo de bicicleta com motor me dando tchau, mais a frente tinha uma batida de carro que arrancou o poste e os ônibus passavam bem devagar.
Manobrando e tomando esporro o guarda / xandre

Vi um Kadet vermelho na garagem e por algum motivo sabia que ra do meu primo e estava emprestado com meu tio, então peguei a chave e fui tirar da garagem para da r uma volta sem pedir, tirei e andei com ele, só que fui manobra de ré para colocar novamente no lugar e veio um ônibus e quase bateu na minha lateral e eu gritei, não esta vendo a seta ligada não, mais vinha um varro da guarda municipal e mandou eu parar na hora, os caras desceram cheio de atitudes e dando esporro, pediram meu documento eu falei que estava dentro do meu carro, eles falaram que não e queriam me multar, meu tio apareceu e perguntou por que eu tinha pego o carro disse que ia tirar da frente para eu poder tirar meu carro da garagem e apontei e tinha mais 4 carros, ai apareceu Fabinho e disse que o Onibus estava totalmente errado.
Escola e jogo de futebol / xandre

Estava no meu antigo colégio e jogando futebol, vi que não conseguia nem driblar e nem correr direito parecia que tinha alguma coisa segurando minhas pernas, mesmo assim fiz o único gol da partida, depois fomos parar em um bar queria refrigerante mais não tinha, então fui ao lado e garçom disse que eu era safado pois estava ali, perguntei o preço do refrigerante em lata, ele tirou um celular do bolso e colocou no alto falou que estava procurando a rede wi fi para poder entrar na consulta de mercadorias, peguei meu carro e comecei a acelerar mais vi que estava em cima de uma bicicleta, com p pneu furado então e]decidi jogar a bicicleta fora, quando encostado no muro vi milhões de pessoas subindo uma ladeira com quimonos azul.
Tiroteio. / xandre

Tinha ido ao Bar do Blues depois de passar na casa da minha namorada, bebi algumas cervejas e fui em direção a rua da I9 uma outra casa de show que fica perto, quando vi duas motos da policia acelerando e uma correi grande, depois escutei muitos tiros e o corre corre aumentou, entrei em um bar para esperar e ouvi dizer que era um grupo assaltando as pessoas na rua, tirei o relógio e quando fui ver estava na casa da minha namorada, vi meu carro estacionado descendo a ladeira e desviando de outro carro na esquina, corri com minha sogra e fui ver o carro todo arrebentado tinha batido em um poste, olhei para o lado e vi um casal fazendo sexo em cima de uma lixeira, perguntei minha sogra se ela tinha visto onde tinha parado o cilindro do Gnv.
Tio Chicão e muita gente na minha casa / xandre

Meu tio Chicão chegou na minha casa com sua esposa tinha um filho novo e um bebe de colo, toda branquinha muito fofa, minha tia disse que tinha apenas 3 messes, também apareceu meus primos de macaé e seus filhos, meu tio colocou a mão no bolso e me deu duas notas de 50 reais, disse para eu não gastar tudo pois ele ia pra Marília e so ia me dar dinheiro na volta, ele ficou vendo televisão com meu pai, só que a tv era de madeira mais bem fina.
Cunhada e cunhado bêbados / xandre

Eu e minha namorada deixamos minha cunhada no bar bebendo tinha um prato de pipoca grande e bebidas no balcão e fomos dar uma volta pela praça, quando voltamos minha cunhada tinha comido toda a pipoca e dava sinais de embriagueis, peguei ela pelo braço e ela falava alto perto do meu rosto então fui levando ela, que parou para poder vomitar minha namorada sumiu e apareceu o cunhado dela estava doidão também, mais ele se parecia com o ator de novelas Marcos Assunção
Chuva forte de Granizo. / xandre

Era uma tarde com muito calor eu estava no quintal da minha vó, e uma menina estava cheia de graça comigo, quando começou a ventar muito e o tempo mudar, vento era muito forte parecia um furacão, minha mãe queria ir embora e eu falando que não tinha condição nenhuma, todos foram para baixo de um telhado de ferro e começou a chover forte demais e caia uma grandes pedras de granizos dava medo com o barulho que fazia, e a força do vento, a menina foi para o meu lado e começamos a nos beijar, meu primo olhava todo desconfiado, era dizia que queria ir a um pagode chamado só no sapatinho, falei que não curtia não e ela foi embora chateada, a chuva parou e meu primo pulou no quintal do viainho, gritei ta maluco la vem o cahorro.
Olhos Famintos / xandre

Tinha uma arvore grande e no estilo bem macabro no quintal da casa onde eu morava, nela tinha um monitor de lcd bem grande no meu e um computador, os galhos se mexiam parecendo mão humana, u estava em um galpão com algumas pessoas, quando eu olhei para o telhado estava aquele bicho do filme olhos famintos todas as pessoas começaram a gritar e a criatura desceu foi um corre corre, ele olhou para mim e começou a falar uma língua estranha demais, comecei a rezar e chamar por Jesus, quando apareceu um padre e começou a exorcizar o monstro, o padre dizia que ele tava com o demônio no corpo e era de outra planeta, depois de algum tempo exorcizando o demônio saiu do corpo e o ser voltou a ser um menino falando em Hebraico, o padre falou que esse ser saiu da arvore la do meu quintal, quando voltei para casa tinha um monte de gente pegando pedaços da arvore para vender dizendo que iam ficar ricos pois esses pedaços eram mágicos, eu falei que tinha que queimar tudo pois aquilo era amaldiçoado, apareceu meu amigo de infância Gil e disse para a gente ir beber uma cerveja que ficaria tudo bem.
Cavalo Verde / xandre

EU saia da academia para ir em casa, andando pela rua da caminhada e apareceu um muro verde e do seu lado um cavalo da mesma cor, muito brabo o cavalo começou a atacar as pessoas e veio para cima de mim, eu me defendia com um guarda chuva, me defendia e ele ataca eu corria de costa e sentia muito medo, ia atropelando as pessoas e algumas soltavam pipa o cavalo tomou outra direção, e quando eu coria olhava para o lado que ia, formava um imenso furacão que levava as pipas e os guarda chuvas das pessoas.
Canário Belga..animal que mordia e gelatina de abacaxi / xandre

vi um canário amarelo solto e cantando em uma arvore no quintal do meu tio, então resolvi procurar um alçapão para pegá-lo e quando fui em um quartinho onde tinha avistado umas gaiolas encontrei um animal estranho e com dentes grandes e afiados, mordeu meu pé eu senti muita dor, e quando mais eu sentia dor mais ele apertava, quando ele soltou tentei me afastar mais veio para cima novamente então peguei pela boca e abri ate quebrar o pescoço do animal, fui embora e encontrar minha mãe me chamando para ir ao mercado, chegando la começamos a encher o carrinho com gelatina de abacaxi.
Nota de cem e de 50.. Mãe / xandre

Dirigia o carro estava com minha mãe ao lado ai quis fazer uma aposta com ela, falei mãe se a senhora estiver com 3 notas de cem na carteira eu ganho 1 nota de 1 real, quando ela abriu realmente tinha 3 notas ai ela me deu uma, eu devolvi e disse que a aposta não era essa, então ela riu e me deu uma nota de cinquenta rasgada e disse para eu deixar de ser burro pois alguém tinha me dado cem reais e eu não aceitei, perguntei quem foi e ela não quis me dizer.
Chicão mandando jogar na Loto. / xandre

Estava na rua da minha vó dentro do carro junto com Pedrinho meu afilhado, quando apareceu Leandro Fininho sorrindo, eu estava esperando meu tio Chicão aparecer, quando ele chegou eu peguei uma bolsa cheia de moedas com ele mais percebi que era de mulher era a garagem da casa da minha vó, mostrei a ele um bilhete da quina e disse que eu tinha que jogar, ele falou que estava sem grana, ele falou que a grana não era dele, e falou que eu tinha que levar um objeto para ele ate Macaé.
Mosquito andando de skate e Aertom / xandre

era a rua da minha tia eu estava entrando dirigindo quando de longe vi Ronaldo mosquito andando de skate e fazendo altas manobras, dava para perceber que ele estava totalmente doidão, quando me viu abaixou a cabeça pois sabia que eu ia zoar ele pois o Flamengo tinha goleado o vasco, Minha prima Fernanda estava sentada na cadeira em frente ao bar e começou a rir. Fui para o quintal e quando abri o portão estava Aertom me esperando perguntando se eu estava trabalhando, falei que sim que era fotografo e perguntei se ele já tinha se casado pois eu poderia fazer as fotos do seu casamento ele balançou a cabeça tipo uma negativa, fui andando com minha mãe para pegar o ônibus e eu estava soltando uma pipa quando vi um garoto soltando também uma toda colorida ele veio laçar comigo e a linha dele só bateu na minha cortei e a pipa dele caiu bem em frente a mim, eu peguei e dei pra minha mãe segurar, enrolei a linha que estava com um cerol bem groso cortando meu dedo.
Calopsita fujona / xandre

Soltei a calopsita da minha mãe no quintal como sempre faço, passou uma pessoa e o portão estava aberto, a calopsita começou a seguir ele e foi ate o fim da rua eu gir tava para ela subir e nada, fui correndo ate o homem que com uma palavra disse, sobe sua fujona, então o bicho se virou e subiu rapidinho.
Casa da Avó e cachorro no corredor / xandre

Estava no quintal da minha vó e tinha duas pessoas jogando futebol e a bola batia no muro do vizinho que tinha um cachorro esperando do outro lado, só que entre o muro e a casa do vizinho tinha um corredor onde eu estava em pé, nisso o cachorro pulava toda hora para me ver, a bola foi chutada e caiu no gramado do vizinho, eu falei para pular logo pois o cão tinha ido para traz da casa, o homem falou a porta esta aberta e tem barulho la dentro, sai do corredor e fui até o quintal de traz e vi meu primo mexendo onde tinha um galinheiro ele falou que tinha colocado uma madeira grande na frente e não era para tirar por nada.
Tiroteio / xandre

Estava na casa da minha vó falecida materna quando vi um fuzil no canto da varanda, destravei e vi um movimento do lado de fora, varias pessoas armadas, e começaram a atirar em mim, entrei e destravei o fuzil e fui com toda vontade para o lado de fora comecei a atirar e matar muitas pessoas era uma correria grande, chegavam perto do muro eu eu mandava bala,quando conseguiram entrar tinha um homem que falava outra língua dei um tiro a queima roupa nele e acabou minha munição, então fiquei no canto do muro onde estava escuro e ninguém me viu quando sai fingi ser do grupo deles, quando vi uma pistola no chão e peguei estava sem munição, ai pedi para um outro homem me ensinar a recarregar, quando apareceu minha mãe e mostrou como fazia, inclusive me mostrando uma mira laser eu apontava para um urso de pelúcia.
Parentes da minha namorada, amiga, eu e minha mãe em Cabo Frio / xandre

Caminhava com minha mãe quando meu pai ligou e falou que meu tio estava em Cabo Frio procurando pela gente, então omos ate a praia do Forte onde ficamos esperando, minha mãe viu dois homens caminhando e um usava um oculos escuro parecido com o do metio, mais não era ele, depois me vi em uma sala de aula e uma amiga da minha namorada estava la, perguntou se poderia dar uma carona pois eu estava voltando para casa eu falei que sim, mais antes falei que ia mandar uma mensagem para celular do meu tio perguntando se ele estaria por perto, e ele não respondeu, então a amiga da minha namorada trocou de roupa e sumiu nisso aparece fiquei com uma forte vontade de urinar e quando entrei em uma casa para ir ao banheiro estava a prima da minha namorada em um quarto mexendo no computador, a porta não fechava e eu fiquei com vergonha de urinar, em outra sala apareceu os primos dela e seu tio pedindo para eu apagar as mensagens dele no Facebook, eu falei que não pois tinha que voltar para minha cidade.
soltando pipa, neve e jogo de futebol / xandre

Estava em casa e resolvi soltar pipa não estava na época mesmo assim subi na laje e coloquei no alto, logo apareceu outras gritei para Patrick segurar a carretilha e comecei a torar cortei uma e vi que caiu atrás da minha casa só que tinha rasgado aqui eu estava soltando fui colar e sem querer quebrou o bambu, então resolvi ir buscar a que tinha caído, chegando la tinha um matagal e uma mulher perguntou se eu era filho de dona Lena disse que sim, ela me deu a pipa mais tinha um rasgo grande, nisso vi uma trilha no mato e um pequeno cachorro veio me atacar a mulher gritou e ele parou, fui andando ate minha casa e dona Lena apareceu, comecei a conversar com ela falando que uma mulher tinha perguntado se eu era seu filho eu disse sim e ela começou a rir, depois disso fui parar em um pequeno campo de futebol comecei a chutar uma pequena bola e notei que o chão estava cheio de neve, comecei a perguntar por que não estava gelado, fui ate o centro do campo e percebi que estava derretendo ai sim vi que a agua estava bem gelada.
Dirigindo pela contra mão. / xandre

Chovia e eu estava com preguiça de dirigir parei no sinal e falei, vou dobrar aqui mesmo é contra mão mas que se dane não vou dar a volta toda para ir para casa, e virei ali mesmo pela contra mão, depois fiquei nervoso queria saber se o guarda tinha me visto e fiquei com medo de ser multado, olhei varias vezes pelo retrovisor pois sabia que ali ficava um anotando os outros, mais para o meu bem nada tinha acontecido.
Bar com alguns mortos / xandre

Estava andando com minha tia no bairro onde eu moro perto da pracinha, quando ela entrou em um bar, exalava um cheiro bem estranho de comida de botequim, tinha algumas pessoas sentadas nas cadeiras e bebendo uma cerveja de rotulo estranho, nisso aparece falecido Pedro gato e coloca uma daquelas luzes de emergência em um prego no canto da parede, que tinha a cor azul bem forte, o telhado daqueles bem antigo e tinha duas entradas, em um canto via uma pessoa com uma lata de salsicha Bordon aberta, parecia apreciar com gosto, tinha tambem algumas pessoas bebendo cachaça, em um canto uma estante com produtos para vender, fósforo, álcool e outras coisas, mais se notava que o forte da casa era as latas de salsichas.
Sergio e os dentes brancos / xandre

Estava na rua onde minha Vó morou em frente a um borracheiro quando eu olhava para cima onde morava meu amigo Fabinho, via um negão olhando e rindo para mim estavam tidos jogando carta e bebendo, entrou meu pai e me chamou para dar uma volta de carro, rodiamos a pracinha do bairro e vimos um monte de pessoas conversando, quando voltei ao borracheiro vi que aquela pessoa que estava rindo de mim era um conhecido chamado Sergio, perguntei o que ele fazia ali ele não parava de rir e olhar na minha direção, os dentes dele eram tão brancos que brilhavam.
Campeonato de Musculação / xandre

No meu quarto eu vi um gongolo enorme ao lado da minha cama ele se enrolava e desenrolava, depois estava em um lugar cheio de gente e vi meu professor de musculação e minha namorada do meu lado e percebi que estava em um campeonato de musculação e disputava um tipo de série com um cara que malha na minha academia, primeira prova foi na puxada de costas, depois no supino reto era tudo cronometrado e as pessoas gritavam muito, chegou a ultima prova e ao terminar eu vi minha namorada comemorando ai percebi que tinha ganho, cumprimentei meu adversário e fui comemorar com minha namorada.
pipa, crianças e carro com defeito na porta / xandre

Fui com meu primo Rafael procurar carretel de linha para soltar pipa andamos muito e conseguimos comprar um que tinha linhas coloridas enroladas, amarela, branca e azul, pegamos uma lata e fomos ate a minha rua para enrolar, começamos a soltar e nossa pipa caiu na outra rua onde tinha um garoto gordinho e um outro de cadeiras de rodas, comecei a gritar para eles largarem a pipa na moral, ele me mostrou que estava toda rasgada nisso chega meu primo com seu filho, e meu afilhado e um bebe menina ele colou ela dentro do carro e os outras crianças sem abrir a porta fiquei imaginando como ele fez aquilo, quando vi estava pero de uma padaria no carro do meu tio desci e não copnseguia fechar a porta, batia batia e a porta continuava aberta, até que meu tio mandou deixar pra la dizendo que era defeito mesmo.
pneu furado e jogador do São Paulo. / xandre

Nesse sonho eu estava no carro junto com um repórter e íamos até o centro o treinamento do São Paulo, ele desceu do carro e começou a paquerar umas meninas no corredor pegando o numero do telefone delas, entramos e encontramos com o Jogador Luis Fabiano que tinha acabado de treinar acompanhei ele pedindo para tirar uma foto quando ele parou ao lado de uma mulher muito bonita e tentou beijar, depois la fora vi ele no ponto de ônibus ofereci uma carona mais recusou, vi que meu pneu furou e estava de bicicleta fui ate uma casa onde aparecerem meus colegas, Henrique, Julio e Xander, coloquei um saco plástico e comecei a encher com um compressor subi na bicicleta e fui embora, mais o saco esvaziou fiquei com medo pois anoitecia e não podia ir embora, nisso Julio pegou o pneu e começou a ragas todo dizendo que não tinha mais jeito, fiquei pensando onde poderia dormir pois já estava muito escuro.
Namorada e miolo do pão / xandre

Estava indo para casa da minha namorada mais vi que a rua era diferente, no sonho ela morava na rua onde meu primo mora, peguei ela comendo miolo de pão duas vezes e comecei a brigar dizendo que ela estava saindo da dieta e ia engordar mais não adiantou muito não, quando chegou meu sogro e começamos a discutir, fui até a cozinha e ela estava comendo outra vez pão, fui embora brigando muito e dizendo que ia ficar gorda igual a uma baleia.
Fiat 147 capotando / xandre

Estava na rua onde eu morei em Itajaí, estava de férias e eu fiquei no apartamento acima onde eu morei, do lado da sacada eu procurava um amigo chamado Rafael, mais notei que ali ele não estava e morava uma menina gordinha que ficava me olhando e perguntando quanto tempo eu ficaria ali, respondi que estava de férias e mais ou menos uma semana, desci e encontrei Ricardo com uma lata de spray e pedi para fazer uma pichação, fui até o fundo do prédio e comei a escrever em uma parede de cimento, subi novamente ao apartamento e fui ate a varanda quando vim um Fiat 147 vindo a toda, corria muito e quando chegou no fim da rua que não tinha saída ele capotou mais de 2 vezes, fui correndo até la para ver e nisso meu amigo que infância Fabio saia de dentro do carro meio tonto e rindo muito.
Valvula Gnv ruim / xandre

Estava em um posto abastecendo o carro mais quando o frentista colocava o bico do gnv não conseguia encher o cilindro do meu carro, fazia um barulho grande e notava que vazava gás, sai e peguei a válvula fui andando quando um homem me cumprimentou, vi um monte de pessoas em um campo de areia, fui soprando para ver o que acontecia e notei que o ar saia pelos lados da válvula.
Valão de água suja / xandre

Valão de água sujaEstava no bar da minha tia e fui ate a rua, iria ter uma festa Junina na casa de Henrique estavam preparando a churrasqueira e Flavinho estava na cerca de entrada, voltei e vi um grande buraco no quintal onde passava um valão, e estava toda areia cedendo fiquei imaginando que poderia ser o peso dos carros que estaria fazendo isso, quando vi um bicho nadando naquela agua suja e preta.
Casco de cervejas, Marcelo primo / xandre

Encontrei meu primo Marcelo com duas sacolas cheias de garrafas de cerveja mini ele estava indo ao depósito comprar mais não aguentava o peso, peguei uma sacola e fui junto com ele, no meio do caminho encontrei Altair pegando um pouco de lama no chão falei com ele mais não me viu, chegamos no rapaz que vendia bebida e começamos a encher a bolsa contamos 24 cascos vazios mais não tinha dinheiro suficiente para pagar todas, o homem falou que faltava cinco reais, com isso a cerveja esquentou e quando fui olhar meu primo Marcelo estava pelado correndo pela rua.
Soltando pipa com o visual lindo do mar / xandre

Estava soltando pipa em cima da minha casa e tinha um garoto comigo, a gente olhava para baixo e via o mar azul e com ondas grandes, começou a chover fininho e molhava as pipas rasgando, perguntei se ele comprava em Renato ele respondeu sim eu falei que resgava atoa que não eram boas as pipas la, queria descer da laje para almoçar mais vi que não tinha escada e fiquei nervoso com isso o garoto conseguiu descer pelo muro e eu quase quebrei o tampão da caixa ai vi que pela grade da janela da cozinha dava para descer tranquilho.
Fabrica de cd e beijando garota nova na escola / xandre

Andava pela rua e fui parar em uma escola estadual tinha uma menina novinha morena que ficou querendo me namorar mais fiquei com medo por causa da idade, mais ela falou que não tinha nada a ver que já estava acostumada a namorar homens mais velhos, fomos para um canto da escola e começamos a nos beijar mais eu tinha aparelho nos dentes e estava incomodando, me despedi e vi minha mãe deitada em um tipo de sala de espera, paramos em uma espécie de sala onde um rapaz ligou um vídeo cassete e começou a passar uma fita e gravando um jogo por cia do filme, eu disse a ele que estragaria a filmagem, ele perguntou se queria gravar o jogo em um cd, ele tinha uma maquina estranha que colocava um liquido começa a girar rápido.
Ratos e meus tios / xandre

Estava na casa da minha falecida vó e vi meu tio Tibúrcio e meu outro tio Chiquinho, os dois estavam na janela do quarto quando me avisaram que tinha um rato passeando pelo quintal, meu tio Chiquinho perguntou como estava os seios da esposa do meu outro tio, nisso ele olhou de cara feia e falou pra mim, que cara abusado em .
Vermes e formigas na sala do antigo apartamento em Itajaí / xandre

Estava na casa onde morei em Itajaí fui ate a rua e vi um grande rio, mais quando cheguei perto percebi que a água estava podre e se tratava de um valão, ee tinha uns garotos que formava um tipo de gangue de rua, minha prima Hayanne ria muito e dizia que eles não ofereciam perigo nenhum, percebi também que a rua estava cheia de pichações pelas paredes, voltei ate o apartamento que eu morei e percebi que o chão estava cheio de formigas tentando me atacar fui até a estante e peguei uma lata de inseticida, apertei com vontade e o jato forte do spray colocou as formigas para correr fui ate a sala e vi o chão cheio de vermes senti nojo e ao mesmo tempo tentei matar com o inseticida conforme eu apertava e mirava abria um clarão no chão e matava centenas e mais centenas dos vermes que tinham a cor amarelo.
Casa antiga da Vó e soltando pipas / xandre

Estava morando na antiga casa da minha Vó e fui até a rua ao lado, engraçado que a paisagem era bem antiga mais ou menos da década de 90, olhei para o alto e tinha várias pipas no céu, então pensei esta na época que bom, fui ate o quintal da casa e vi meu primo Marquinho, mais ele tinha aparência de quando era criança com 12 anos, ele estava encostado no muro soltando pipa tentando laçar com uma que esta na rua ao lado, peguei da sua mão e cheguei mais perto da varanda onde tinha uma colorida no alto, peguei na laça com ela e cortei meu primo começou a rir e ficou feliz, apareceu meu tio Francisco cabeção, e segurou a lata de linha nisso veio outra pipa para laçar, mandei meu tio prestar atenção na hora de dar linha, pegou na laça mais meu tio deu mole e prendeu a carretilha e acabei voando fiquei com muita raiva pois ela uma pipa grande com o escudo do Flamengo, quando passou duas meninas e apontou para o pé de goiaba , mostrando uma pipa preta e vermelha que ficou agarrada la, consegui pegar mais tinha outras meninas gritando em uma janela em um abismo alto dizendo que era do irmão dela, quando apareceu meu colega Leonardo e gritou para eu devolver dizendo que aquela pipa ela dele.
Ida a casa de Rosana e primo Marquinho chorando / xandre

Peguei a estrada com meu primo Marquinho, minha tia e uma pessoa que não conhecia, fomos até a casa da minha prima Rosana, estacionei o carro na rua e meu primo Marquinho viu uma feira onde comprou uma pipa, só que meu primo era criança nesse sonho, o vento estava forte e ele colocou a pipa no ar ficou muito pesada e rodava muito, minha prima morava em um sobrado que ficava embaixo de uma oficina, quando voltei meu primo chorava muito pois tinha perdido a pipa e que o dinheiro era da mãe dele, minha tia ficou consolando ele, perguntei ao mecânico se poderia subir ate a laje para pegar a pipa e o cara não deixou, empurrei meu primo ate o chuveiro para tomar um banho e se acalmar, comecei a chamar todos para ir embora pois estava anoitecendo, vi uma senhora fazendo um tipo de stripper, mostrando as pernas e todos ao seu lado dizendo que era magrela demais.
Lata de spray azul / xandre

Estava na minha rua onde moro e tinha comprado uma lata de spray azul, fiquei andando e vendo os muros que iria pichar a noite, em um certo momento sujei toda minha mão com a tinta fui até um tanque e lavei, mais tive que esfregar muito para poder a tinta sair completamente das minhas mãos, voltei a rua e fiquei olhando o muro do meu vizinho e notei que ele tinha instalado uma câmera para vigiar, fiquei imaginando como fazer para a câmera não me pegar, então esperei anoitecer pra sair e colocar meus rabiscos nos muros.
Antiga rua em Itajaí com Rodrigo, Rafael, Ricardo e Rafael Camila / xandre

Me encontrava na esquina da rua onde eu morei em Itajaí, e tinha uma cesta de basquete colocada na cerca da casa do Mimo, eu tentava acertar mais a bola estava muito pesada, olhava para um terreno que era vazio e tinha uma grande mansão construída, estava ainda no tijolo e sem embolso, fui andando até o outro lado da rua e encontrei com Rodrigo, Rafael, Ricardo e Rafael Camila, Rodrigo me ofereceu para ficar em sua casa e eu aceitei já Ricardo e Rafael continuava aceitando e sendo manipulado pela mãe igual quando eram crianças, eu ainda falei nossa desse tamanho é a mamãe ainda mandando neles, Chamei Rodrigo e Rafael para ir a praia aproveitar o sol que estava quente demais.
Carro sem freio / xandre

Manobrava meu carro tentando colocar mais perto do muro da minha casa possível, meu pai estava no portão me observando, mais senti que o carro estava sem freio e eu não conseguia controlar, meu pai gritava e me chamava de burro, encostei demais o carro e raspei o retrovisor fazendo um buraco enorme, meu pai se irritou e mandou eu sair do carro, que ele queria mostra como se dirige, ele deixou o carro descer e percebeu que realmente o carro estava sem frio, comecei a rir e falar bem feito ta vendo, ele riu também e disse que não tinha como freia.
Pipa cheia de linha e briga / xandre

Morava em um apartamento onde da janela dava para ver um grande campo onde as crianças ficavam brincando, fui até a janela e peguei uma pipa cheia de linha, era muita linha que caia pela janela gritei com minha prima Fernanda para ir recolhendo a linha mais era puxava devagar, nisso os garotos la embaixo ia roubando a linha, grite e falei que se eu fosse la iria bater em quem estava puxando a linha, pulei a janela e peguei o garoto de porrada, dei um empurrão forte que ele bateu a cabeça no chão, depois fiquei com pena e ele disse para eu pegar uma lata de linha dele me pedindo desculpas, eu disse não pois queria uma pipa, mais ele só tinha pequena, assim eu não queria e fui embora.
Mar com ressaca e flores amarelas / xandre

Estava andando e conheci a paisagem era uma praia em Cabo frio só que o mar estava de ressaca e na parte da lagoa um monte de crianças aproveitavam as ondas fortes, tinha duas pessoas caminhando comigo, um era alto e parecia ter uns 40 anos outro era uma menina mais nova que aparentava ser adolescente, o céu foi escurecendo rápido e no caminho tinha várias flores de cor amarela, lindas que o vento batia suave em suas pétalas.
Ataque de outro planeta / xandre

Estava em um quintal que tinha uma arvore enorme olhei para cima e bem no topo apareceu um disco voador, que começou a lançar uns bichinhos amarelos que pareciam flocos de algodão, subi na arvore e olhei para baixo, os flocos se juntaram e ficaram igual uma lagarta mais só que grande e pulava tentando me acertar quando chegava perto percebia um monte de espinhos gigantes nas costas, a nave voltou e desceu um ser com traços orientais estava com uma espada e se camuflava na pintura branca da parede, eu estava com um cachorro e o ser enfiou a espada nele deixando o animal tonto e com dor, peguei um pedaço de madeira e comecei a girar tentando de qualquer forma atingir o ser, teve uma hora que acertei e começou a sair um odor forte e ruim, parecia que eu tinha machucado a criatura.
Espirito na casa da minha madrinha e primo Alex querendo comprar cerveja / xandre

Andava pela rua e fui parar na casa da minha madrinha, minha prima estava la e ficava com roupas sexy para tentar me seduzir, foi anoitecendo e eu fui ficando com medo quando apareceu um pé de uma pessoa era um espirito e ficava olhando para mim, fiquei congelado de medo e corri, fui parar na casa da minha vó onde meu primo Alex estava catando casco de cerveja para comprar falei para ele que eu Gostava de Antartica mais ele mandou um palavrão e disse que só bebia Kaiser, olhei para ele e falei que isso era cerveja de gay que era água pura ele começou a rir.
Cilmar fumando cachimbo branco / xandre

Estava indo em direção ao bar da minha tia, mais a rua estava alagada pois chovia muito, mais era tanta chuva que estava tudo já alagado, quando cheguei vi Cilmar fumando um cachimbo grande de cor branca e pedindo uma Bramha bem gelada pois ele dizia que queria fazer as pazes com minha tia, e que queria voltar ser amigo dela.
Touro maluco / xandre

Visitava a fazendo do meu tio Luis quando apareceu um grande touro tinha algumas pessoas do meu lado que conseguiu fugir, fiquei dentro de um tipo de jaula, mais ela cercada por arames que lembrava muito um alambrado de jogo de futebol, e tinha várias plataformas de madeira no qual eu pulava de uma para outra para tentar fugir do touro que estava furioso, eu tentava despistar o bicho mais ele era muito rápido parecia que tinha radar para tentar me localizar, um certo momento quando eu pulei de uma plataforma para outra ele veio por baixo tinha chifres enormes, e conseguiu acertar um golpe muito forte que varou a madeira e quase me atingiu, tentei pular para a cerca e escalar mais ele veio atraz e conseguiu me atingir elas costas seu golpe doía muito e fiquei com medo de cair e com isso ele me pisotear.
Bahia e skate grande e esquisito / xandre

Estava em um lugar parecia a Bahia onde andei por umas praias, mais sempre com medo de ser assaltado, depois estava perto da minha casa indo em direção a uma festa de rua, andava em um tipo de skate, mais era grande e bem esquisito e o guarda municipal não deixou eu entrar na festa alegando que aquele material seria perigoso em caso de alguma briga
Coelho comedor de rosas / xandre

Encontrei minha prima Rosana na rua e ela tinha nos braços um coelho filhote de cor cinza, era bem peludo e gordinho andamos um pouco e vimos um monte de rosas brancas e vermelhas, colhemos um pouco e demos para o coelho comer, ele mastiga com vontade, minha prima colocou o bicho no chão e ele começou a atravessar uma rua muito movimentada tentei correr atraz dele mais era rápido demais.
Namorada me traindo, Bruninho dirigindo / xandre

Estava caminhando em direção a uma casa mais não sabia o motivo quando cheguei e abri a porta vi minha namorada beijando outro rapaz quando ela me viu puxou uma cadeira e os dois assutados disseram que não era nada daquilo, sai sem falar nada e ela veio atraz mais nem dei atenção, peguei o carro e veio Bruninho e duas crianças, entraram e fui em direção ao centro da cidade mais quando vi, Bruninho estava dirigindo fiquei com medo pois ele não tinha carteira de motorista, chegando perto da rua onde eu moro ele parou, quando vi minha mãe e pedi para Bruninho sair da direção pois se ela visse ia não dar muito certo, assumi a direção mais quando vi o carro não tinha motor mais ela só pisar no pedal que ele começava a andar, chegamos em um campo de futebol onde uma menina começou a brigar comigo pois tinha demorado a chegar, falei para ela que estava muito estressada e que ela precisava de um sexo com um cara que tivesse o pênis bem grande, então ela começou a rir.
Fotos no quadro dos famosos em Punau / xandre

Estava em Punau uma fazenda que visitei nas férias em Natal, junto com minha namorada, estava em uma parte onde o dono do lugar guarda as fotos das pessoas famosas que la estiveram, ficamos olhando e vimos vários famosos, mais quando vi a foto do Deivid que joga no Flamengo, gritei putz se esse cara ta ai quero minha foto também, ai eu minha namorada começamos a cantar um rap, e logo apareceu um fotografo que começou tirar várias fotos nossas e todo mundo olhando pedindo pra colocar nossa foto no quadro.
Tio Carlos com uma moto serra para me matar e prima Carla virando purê de batata / xandre

Eu dormia na casa da minha vó e tinha uma mulher la, ela ficou nua e veio para cima de mim, mais meu tio Carlos chegou na janela totalmente alterado e começou a gritar dizendo que eu tinha transado com sua esposa, eu disse que não mais ele vendo aquela mulher despida não acreditou, dei um tapa no seu rosto e ele ficou ainda com mais raiva e veio pra cima de mim com uma faca corri para rua e ele encontrou uma moto serra, continuei correndo e fui parar na casa da minha outra avó, chegando la consegui tomar a moto serra dele, e coloquei minha prima dentro de um saco de compras de supermercado, mais quando eu tentava dar um nó para fechar ela dentro começava a me morder com um tipo de dentadura gigante, consegui fechar e levei até o quintal onde comecei a pisar o saco e senti que tinha matado minha pima amassando e saindo um tipo de puré de batata, e as formigas carregaram depois sumindo totalmente, depois fiquei com remorso e chorava muito por ter matado uma pessoa e que Deus não me perdoaria por isso, quando apareceu meu pai e disse que eu tinha que fazer um sacrifico para ser perdoado.
Juninho, Cilmar e indo fazer compra no mercado que era difícil acesso as mercadorias / xandre

Estava no carro estacionado ao lado da casa da minha tia quando apareceu Cilmar e seu filho Juninho, que pediu dinheiro para fazer um curso do tipo para reconhecer casos de doping em jogos de futebol fiquei escutando e fingindo que estava dormindo, Juninho estava com o uniforme da seleção Brasileira e nem falou comigo, fiquei triste e sentido, pois ele nem tinha falado um oi comigo, sai com o carro e fui até a Sendas supermercados encontrar com meu pai que fazia compra la, mais para sair doe estacionamento até a parte onde ficava os alimentos era difícil o acesso tinha que subir pelos carinhos e as vezes até passar por cima das compras dos outros, quando falei para o geente que por isso estava falindo, tinha uma garotinha no carrinho que não queria deixar eu passar por cima de suas compras, encontrei meu pai ele estava com um bigode grande e com uma camisa branca já com o carrinho cheio de produtos.
Rio de água salgada e jacarés trinados para matar / xandre

Estávamos andando por uma trilha eu, Igor, Vaguinho e outras duas pessoas procurando um rio de água salgada, não demorou e encontramos todo mundo ficou feliz e mergulhou a água cheirava a maresia de praia e eu coloquei o pé era quente,mais ao mesmo tempo era cristalina e dava para ver o fundo quando derrepente vi um jacaré passando por baixo de vaguinho todo mundo viu e saiu rapidamente da água, mais o bicho era muito brabo e começou a atacar todo mundo eu sai correndo e consegui pular um muro alto, todo mundo pegou um pedaço de madeira para atacar o bicho, que não se intimidava, agente acertava a cabeça dele com vontade, até que ele fugiu e veio uns policias e levaram a gente para um lugar estranho e parecia ser secreto, onde tinha um monte de jacarés em aquários gigantes de vidro, prenderam a gente em espécie de quarto e flaram que aquilo era um laboratório onde eles criavam e treinavam os jacarés para trabalhar para o governo americano como verdadeiros assassinos de gente.
Msm na casa da minha namorada, e matando uma vampira / xandre

eu ia até a casa da minha namorada e via ela sentada em uma cadeira com um corte estranho de cabelo olhando para o nada, perguntei se ela estava bem ela disse que sim que estava vendo a faxineira arrumar o quarto, fui para sala e vi minha lata de linha chilena em ima da estante nisso chega seu Zé Carlos com o celular na mão tocando o hino do fluminense, liguei o computador e entrei no msm, comecei a falar com duas mulheres e toda hora minha namorada vinha ver o que eu estava fazendo, eu fechava a tela e ela não conseguia ver, mais fiquei nervoso pois a tela do pc começou a se mexer e eu não conseguia fechar o msm, estava ficando cada vez mais nervoso, quando meu tio Chiquinho chegou para ver se o cachorro estava bem, levei minha namorada e Luciana ate o Mc donalds, pra lanchar la pedi um lanche e fiquei enrolando, Lu e minha namorada foram para o carro, tinha uma morena que fui beijar ela e vi que queria me morder era uma vampira enfiei uma estca e a matei, percebi que eu era um caçador de vampiros.
Festa na casa da minha vó / xandre

Era a casa da minha vó estavam todos os meu parentes la parecia ser aniversário de alguém, era uma festa e todo mundo animado, sorrindo e cantando, quando eu cheguei fui até o quarto do meu avo e vi meu pai deitado dei um beijo nele e comecei a falar que estava chegando de viagem tinha ido até Fortaleza, não sei por que mais não tinha conhecido nada la, e que voltaria na segunda com tudo pago pela companhia aérea, meu pai falou que bom e de um belo sorriso, fui até a rua e vi Patrick soltando pipa começou a ventar forte e a pipa começou a rodear todos os lados fui puxando e quando chegou na minha mão estava toda molhada e se rasgando
Torneio de futebol com João e outros amigos de infância / xandre

Estava andando pela rua quando vi uma quara de futebol percebi que estava rolando um torneio, quando vi conheci alguns amigos de infância de onde eu morei João, Fabio Pitella, Jomar, Fabiano e outro rapaz que não lembrei o nome, estava eu e minha prima Hayanne, a bola veio para a lateral e João me conheceu perguntando como eu estava, eu respondi que estava tudo bem, o juiz apitou para cobrança de lateral e ele fez um golaço com a bola indo bem no angulo sem defesa para o goleiro, ele veio e apertou minha mão, ai eu fiquei imaginando nossa que saudades dessa época maravilhosa tempo bom que não volta mais.
Brigando com minha namorada. / xandre

O sonho aconteceu na casa da minha vó paterna chovia muito e estávamos na sla assistindo televisão meu pai, eu, minha namorada e a prima dela Claudinha eu estava deitado no sofá e minha namorada estava atentando dizendo para eu falar para sua prima que eu tinha dito que ela estava acabada, magra e velha, falei que era tudo mentira mais mesmo assim Claudinha não parava de me beliscar, nisso minha namorada marcar para gente ir a um baile a noite, e ela insistia em dizer que seu pai conhecia meu tio e que tinha uma foto deles juntos quando eram pequenos, pedi para mostrar a foto, mais ela falou que não isso foi me irritando, em certo momento aparece um rapaz e minha namorada começa a dar em cima dele para me provocar ciumes, até que os dois começam a fazer gargalejo juntos rolando olhares obscenos, eu pego ela pelos cabelos e mando parar com aquela palhaçada gritando alto, e vou até o quarto que era do meu tio, meu pai entra pela porta e pergunta por que e fiz aquilo eu falo que ela estava me aporrinhando desde cedo, a chuva aumento e eu vou até o quintal procura minha namorada não acho, vou até o muro e meu colega Leandro manda eu pegar o carro e ir atras dela que tinha chamado Janice e mais duas pessoas para ir até a delegacia fazer uma ocorrência dizendo que eu a espanquei, vejo meu pai descendo a rua e vou chamar ele pra ir comigo, mais ele some pego uma bicicleta e procuro por todo lugar e não acho ninguém, comecei a chorar vendo que tinha feito besteira e que tinha perdido minha namorada.
ROUBANDO CARRO / xandre

Estava em Arraial do Cabo quando resolvi roubar o carro de um vizinho, que também estava passando férias la, quando ele se distraiu peguei entrei no carro e a chave estava na direção, acelerei e fugi, andei por muito tempo e parei em um lugar para ver o que tinha na mala, achei um carteira com dinheiro e um Playstation 2 e um outro tipo de vídeo game estranho mais que se dizia de ultima geração com uma etiqueta, mais quando vi estava a policia me prendendo, comecei a gritar falando que tinha achado o carro na estrada e tinha conhecido a placa, e comecei a chorar muito, o policial não acreditou muito, mais meu vizinho Claudinei sim, só que ele tinha a cara do presidente Lula, falei com ele que em um episódio que tinham quebrado a caixa de água dele, ele não tinha acreditado que não tinha sido eu e na época a verdade veio a tona, então comecei a falar que não queria dinheiro nenhum que tinha feito um favor a ele e tal, mais ele fez questão de fazer um cheque de 6 mil reais, e olhamos para um lado e tinha um campo de futebol e dois times jogando, um estava com o uniforme do Flamengo, Claudinei olho para mim e falou, olha a camisa do Mengão ali que linda, perguntei se podia dividir o dinheiro do cheque com o policial, ele falou que eu poderia fazer o que eu quisesse.
Cachorro preto doente e peguntando sobre anabolizantes / xandre

Eu estava em casa e tinha um charro preto filhotinho, corria e pulava na grama fazendo travessuras derrepente ele ficou triste e só ficava deitado pelos cantos cantos quando começou a sair um tipo de gosma da orelha dele, chamei Diego tatuador para olhar pois no sonho ele era veterinário, quando fui ver estava na casa da minha avó e meu tio Chico estava ao meu lado perguntando se eu tinha usado algum tipo de anabolizantes, eu disse que não e começamos a andar pelas ruas dizendo para que servia cada uma das bombas que o povo tomava para ficar forte.
Ida ARRAIAL DO CABO / xandre

Fui para Arraial do Cabo com minha namorada e na estrada pegamos um sol lindo e estava muito quente, estávamos alegre pois prometia uma praia muito boa, mais quando chegamos na cidade começou o tempo mudar e caiu um a chuva forte e o céu ficou todo preto, ficamos irritados e resolvemos esperar para ver se a chuva acabava, fomos lanchar mais minha namorada não queria comer Hambúrguer pois dizia que o cheiro estava deixando ela enjoado, vimos um clube com umas pedras grandes para escalar só que o preço era caro demais para entrar, em um momento minha namorada sumiu me perdi dela, fui pegar ônibus e entrei pela porta da saída e uma mulher começou a me xingar dizendo que eu não queria pagar a passagem, desci e entrei pela porta da roleta e paguei, fui para a parte traseira do ônibus e falei para a tal mulher que não precisava enrolar ninguém, desci no ponto perto de casa e a chuva não parava de cair.
Araras azuis / xandre

Estava na primeira casa que minha falecida vó morou, chovia muito e derrepente parou abri a janela e vi um pé de goiaba carregado cheio de frutas amarelinhas, desci com uma muda para plantar e voltei para a janela quando vi um monte de garotos em cima do muro e apontando para o pé de abacate, vi duas araras lindas com um azul forte, os garotos queriam pegar e pularam para dentro do quintal desci correndo, e elas voavam de um lado para outro, quando pousou em um galho consegui passar a mão nas penas mais levei um forte beliscão, novamente pousaram no galho e um dos garotos conseguiu pegar uma por traz mais logo largou pois levou um forte beliscão também.
Policial infiltrado e tiroteio / xandre

Eu era um policial e estava trabalhando em uma missão infiltrado em uma favela como viciado, na entrada tinha um monte de adolescente vendendo drogas e eu perguntei onde morava Fininho, um chegou para mim armado e disse que não sabia, falei que ia comprar muita coisas com ele só que hoje eu não queria nada, foi quando mandaram me revistar pra ver se eu estava armado e começaram a perguntar de onde eu era, foi quando chegou a policia e começou um grande tiroteio me joguei no chão, quando um homem deitou do meu lado com uma pistola e eu afastei era da minha direção, era muio tiro e eu ficava com a cabeça abaixada resando com muito medo de alguma bala me acertar
Briga da minha tia com os vizinhos / xandre

O lugar era a casa da minha tia e estava tendo uma briga com os vizinhos minha ttia xingava de um lado e eles atacavam pedra para casa da minha tia, rolava muito palavrão e ofensas de ambos os lados, quando cheguei minha tia me e avisou que me ameaçaram dizendo que o filho da vizinha que estava preso quando saísse da cadeia iria me pegar e me matar, perguntei o que eu tinha feito e que não queria me meter na briga de ninguém, mesmo assim gritaram do outro lado dizendo que ia chegar a hora pra mim morrer.
Fox preto, cabeção dizendo que era meu primo / xandre

Era um lugar super badalado tinha muitos carros, som alto gente bonita, peguei meu carro um Fox preto e fui dar uma volta, só que estava muito cheio fui dar marcha ré e quase bati em um carro que estava roubando minha vaga do estacionamento, ai resolvi dar uma volta em uma praça, tinha uma meninas sentadas no banco e começaram a mandar beijinhos, arrumei uma vaga para estacionar e quando vi estava de bicicleta, preta e cheia de acessórios, quando cabeção começou a me chamar e dizer que era meu primo, apertou minha mão e começou a sorrir, mais seu cabelo estava bem engraçado grande e cheio de tranças.
Briga, fugindo da policia e se escondendo dentro do cofre / xandre

Eu estava na praça aqui perto de casa, muito cheia carros muita gente ai fui até a farmácia só que chegando la na porta estava um desafeto Waguinho sentado e começou a debochar e soltar piadas não pensei duas vezes e dei um soco bem na cara dele, ele levantou e sacou uma faca do bolso, agarrei sua mão com força e mandei ele soltar a faca e brigar não mão, ficamos nisso um tempo até que consegui tirar a faca e dar muitos socos na cara dele, o dono da farmácia chamou a policia e veio todo batalhão de choque corri junto com um homem e fomos parar em uma sala que tinha um cofre camuflado na parede entramos e fechamos a porta, sentimos que do lado de fora batiam e mandavam a gente abrir, os policias furaram o cofre e introduziram uma câmera para ver nossa posição e logo em seguida jogaram um tipo de gás, mais tínhamos uma mascara para nos proteger por outra porta secreta ao lado aparece um homem e fala pra fugirmos por ali que a barra estava limpa, corri feito um desesperado sem olhar para trás até chegar em casa.
Pedalando em Itajaí, pipa estranha e maquina imprimindo recibo / xandre

Caminhava pela minha rua e derrepente estava andando de bicicleta pelas rua de Itajaí onde eu morei, carregava minha madrinha e falava para ela que iria levar para conhecer as praias da cidade, estava distraído conversando e quase atropelei outro homem que também estava pedalando, quando ele olhou de cara feia para mim, quando vi estava andando pela rua onde eu moro e vi duas pipas laçando, quando uma cortou a outra e caiu na calçada perto onde estava fui la e peguei só que era estranha toda quadrada e grande, peguei e subi para casa, olhei para Janela onde mora Patrick para ver se ele estava la e nada, entrei cheio de fome e vi meu primo Marcelo dormindo na mesa ao lado de um prato de comida, pedi almoço a minha mãe e ela foi preparar almondegas, vi uma maquina estranha em cima de uma bancada ela passava uns produtos por um buraco e tinha uma impressora que imprimia uma nota e um recibo com tudo que tinha vendido.
Confusão no metro / xandre

Neste sonho estava eu e minha prima Carol em um metro a fila estava enorme, e as poucos ia andando uma grande correria e confusão, olhei para o lado e vi duas vizinhas e seus pais correndo para pegar fila, depois sde um certo tempinho de fila parada começou a andar, quando chegou duas mulheres que se diziam segurança e começaram a acusar minha prima de agredir outra pessoa na fila, arranhando e machucando, comecei a conversar com a segurança e ela também começou a falar e acusar dizendo que eu tinha empurrado e derrubado uma idosa, olhei para cara dela e comecei a rir, dizendo que ela estava maluca, mais não adiantou muito ela seguro meu braço e mandou me retirar, eu dizia que não que era melhor ela tirar a mão de mim senão ia processar a companhia do metro, que ia pedir as imagens das câmeras do circuito de segurança, depois de muito disse e me disse elas resolveram ir embora, e eu e Carol conseguimos passar pela roleta.
Mulher misteriosa no ônibus, Gustavo,livro sobre como ganhar na loteira / xandre

Eu me encontrava dentro de um ônibus quando sentou do meu lado uma mulher bonita, clara de cabelos loiros mais bem clarinhos, começamos a conversar e acabamos nos beijando, quando ela disse que ela cassada e viu seu marido dentro do ônibus levantando para descer no ponto, ela ficou toda nervosa eu ainda falei que ele não tinha visto, mesmo assim ela se levantou e desceu, levantei e desci a um ponto a frente, notei que estava no Paraíso no meu bairro corri para ver se achava a tal mulher mais eu estava com uma pasta de escola e caiu um monte de canetas dela, voltei e comecei a pegar todas, ai percebi que tinha perdido a tal mulher, então desci a rua Paul lerux e vi Rafael e outra pessoas jogando bola, falei com ele, e no mesmo momento me respondeu com um oi, andei mais um pouco e notei que estava com um copo de milk shake do Bobs que tinha comprado para meu pai, parecia ser de morango, ai encontro com Gustavo que chega perto de mim e começa a puxar minha bermuda para cima mostrando minhas cuecas, fico irritado coma brincadeira e mais a frente ele repete o ato, aparece uma mulher na janela e começa a rir, nisso falo pra ele que estava derramando o milk shake do copo e era pro meu pai, ele pede desculpa e fala que iria me chamar para ir ao jogo do Flamengo no Engenhão com o carro dele, nisso eu tiro sua roupa e ele mostra a bunda para todos e começava a rir, notei que tinha perdido um livro eu volto até onde Rafael jogava bola e pergunto se alguém tinha achado algo sobre informática, ele me mostra um monte de livros no chão, eu vou correndo mais o meu não estava ali, mais pego um livro que falava sobre os segredos para ganhar na loteria, lembro que tinha visto este livro com o preço caro na Internet e fico feliz pois tinha achado um praticamente de graça.
Curso, pasta verde com livro e canetas, assalto ao ônibus / xandre

eu fazia um curso no Alcântara e tinha uma pasta verde com um livro de informatica bem grosso e com 4 canetas de cor azul, acabando o curso peguei um ônibus que passava pela trindade e tinha uma operação da policia e da guarda municipal, passando eu falei la na ferente vamos ser assaltados e foi que aconteceu dois garotos anunciaram um assalto um tinha uma revolver e outro tinha um guarda chuva na mão, começaram a roubar todo mundo e pediram para mim mostrar a carteira, tinha pouco dinheiro e um cheque, mais eles levaram tudo menos o cheque que caiu no chão e eu perguntei se poderia ficar pois o dono ia sustar de qualquer jeito, o ladrão falou tudo bem, enquanto isso uma velha se levanta e toma o revolver do assaltante, e começa a dar as ordens parece que a arma deixou a coroa meio maluca, em um certo momento ela aponta para um grupo que estava localizado no interior do ônibus e começa a efetuar disparos, foi um corre corre e um desespero total.
Niteroi, menores de rua, supermercado / xandre

Estava indo em Niterói com Jorge luis pegamos uma van e fomos parar longe perto do Niterói shopping, chovia e andamos em direção a um supermercado, me perdi de Jorge Luis, e encontrei minha tia Eneida que fazia compras mais noite que estava sendo seguido por 3 meninas de rua, a menor tentou me assaltar pedindo dinheiro e me beliscou pois eu disse que não tinha nada, nisso a maior mandou parar de fazer aquilo e me abraçou dizendo que eu era uma pessoa legal e não era pra fazer isso comigo, me virei e fiquei procurando Jorge Luis que tinha se separado devido ao grande numero de pessoas que transitavam por ali.
Ataque Extra terrestre / xandre

Neste sonho Estava sofrendo um ataque alienígena ela muitas naves por todos os lados, e muita correria das pessoas, ônibus batendo e um monte de coisas se destruindo, os seres não perdoavam nada, eu estava em uma trincheira junto com meu pai e minha mãe, quando um raio quase acerta a cabeça da gente, consegui fugir e encontrei dois jovens que falaram que tinha uma bicicleta para gente escapar daquela bagunça toda, chegando no local uma da bike estava com cadeado, o rapaz conseguiu tirar com o dente, pedalamos em direção a Niterói e notava que a maioria das pessoas iam ao contrario, depois disso tudo eu estava sozinho em um lugar com paredes e um grande corredor onde de longe eu via uma janela corri muito e notei que um ser estava atraz de mim e a unica saída seria essa janela no fundo do corredor, consegui chegar e subir a janela mais o ser agarrou meu pé e não queria largar.
Kombi, bebidas / xandre

Estamos na casa da minha vó paterna eu, meu tio Zé e um amigo, meu tio e seu amigo estão jogando dominó apostado com outras pessoas eles perdem e resolvem descer para casa da minha outra avó materna, chegando la esta meu tio Francisco que pergunta quanto ele quer vender seu apartamento, meu tio Zé fala que é 120 mil, meu outro tio da um grito e concorda com o valor e fala que quando dormiu la é um lugar calmo e tranquilho, meu tio pega uma Kombi e pergunta se Zé empresta a chave pra ele dormir la outra vez, ele me chama junto com meu primo Marquinho pra ir ate o apartamento guardar umas coisas, vejo pelo chão da rua um monte de sanduíches de Hamburgues espalhados pelo chão, dezenas dele, chegando perto da Kombi meu tio pede para ajudar ele guardar umas coisas, tinha uma bolsa estilo 007 e muitas garrafas de Ypyóca limão, 51, Vodka Absolut, pergunto a ele se ia acontecer uma festa ele manda eu calar a boca, perguntando se eu tinha ido ao Rio ver um emprego.
Passeando em Itajaí com primo André / xandre

Estava em um carro junto com meu primo André e andávamos pelas ruas de Itajaí, no radio estava sintonizada a antiga radio cidade do Rio de Janeiro, rolava só som bom, rock antigo, passamos pela igreja matrize vários pontos turísticos e sempre rolando uma musica sempre boa, mais meu primo ficou muito nervoso quando falei pra gente visitar o Estadio do Marcílio Dias, ele não gostou nada da ideia e ficou muito furioso, mandei ele se aclamar mais não adiantou nada.
Mãe brigando, bicicleta e banco Itau / xandre

Briguei com minha mãe ela queria me bater e eu estava no centro de São Gonçalo de bicicleta procurando uma loja para colocar alguns acessórios novos, depois fui ao banco para sacar dinheiro, achei uma agência do Itau mais já passava das 10 horas e o sistema já tinha caído teria que esperar até o outro dia, começou a chover e achei uma sala com telefone, aparecendo uma menina que andava de bicicleta igual a mim e perguntava o que eu estava fazendo ali naquele momento .
Passeata pelo Meio Ambiente / xandre

Era uma grande passeata pela defesa do meio ambiente tinha muita gente fui apresentado ao Tom Cruise ao Brad Pitt e tinha muitos outros famosos. todos gritavam pela defesa do planeta, ao fundo eu escutava a musica tente outra vez do Raul Seixas, conforme a massa ia andando e a musica no fundo tocava dava mais emoção sentia o corpo todo ficar arrepiado.
Prédio e andaimes. / xandre

Estava andando pela rua quando vi um prédio em construção alguns homens em um andaime em um determinado momento o andaime deu uma tremida e quase que todos eles caíram, era uma altura razoável mais ava pra se machucar, continuei andando e outro prédio e outro andaime, só que nesse só tinha um homem que acabou caindo, fechei os olhos para não ver a queda e quando abri o homem estava andando dizendo que nada tinha acontecido senti meu coração batendo forte pela adrenalina da queda o cara estava sorrindo dizendo que nada tinha acontecido que estava bem.
Cigarro não acendia / xandre

Sonhei que estava na casa da minha madrinha junto com minha prima e tinha uma caixa de cigarros em cima da mesa eu tentava acender para fumar um mais ele caia no chão e minha prima começava a rir, falava que eu estava devendo alguma coisa a algum santo por isso o cigarro caia no chão e não acendia, falei pra ela acender um e fumar que ia quebrar a corrente, ela aceitou e depois acendi um e deu certo, mais lembrei que eu sempre odiei cigarro e joguei fora.
Exame para jogar futebol / xandre

Etava no colégio onde estudei um ano só CEJOP, tinha jogo na quadra de futebol que era pequena e uma mulher agarrava para o time da escola, fui para arquibancada e uma menina entrou na minha frente, quando anuncio no alto falante meu nome e eu estava escolhido para atuar pelo time, entrei em um ônibus que parecia uma excursão tinha um monte de meninos que parecia ser o restante do time, o motorista levou a gente para um lugar que teria que fazer exames e tomar um tipo de vacina, todo mundo entrou na fila mais eu fiquei com medo pois quando uma pessoa saia la de dentro, sentia dor no braço da vacina, um homem pegou meu óculos pedindo pra poder ler e eu fui atraz dele gritando para devolver, nisso eu sai do galpão com a mão no braço e fingindo dor para poder não fazer os exames.
Lango todo tatuado, cortando pipas / xandre

Neste sonho eu estava dirigindo quando vi meu primo Lango andando de bicicleta chamei bem alto pelo seu nome, ele ouviu deu a volta e esperou o transito para vim falar comigo, quando chegou perto de mim vi um monte de tatuagens no seu corpo, tinha uma gigante nas costas que cobria tudo, conversamos e falei que ele estava sumido e tal, quando vi um monte de pipas no ar, fui até a mala do carro e peguei uma lata com bastante linha e cerol chileno, coloquei no alto uma pipa e cortei todo mundo, meu primo Lango ficou admirado perguntando onde tinha comprado o cerol, falei que só vendia na feira, percebi que uma tatoo dele a do braço estava toda borrada, mais ele falou que ainda tinha que terminar, peguei o carro para ir embora mais percebi que estava perto de Aparecida do Norte e que tinha que pegar minha tia na igreja.
Assediado por Carla / xandre

Estava na casa da minha falecida Avó Rosa e minha prima estava sentada no sofá se alisando minhas pernas e falando um monte de sacanagens, nisso minha vó percebeu e começou a brigar com ela, mesmo assim por baixo da mesa ela tentava tirar minha bermuda, fazendo caras e bocas e debochando de todos que estavam em casa
Cagando nas calças / xandre

Eu estava mais uma vez na casa da minha falecida vó no sonho, estava esperando minha mãe para ir ao cinema no shopping todos da casa brigavam com minha prima Rosana que tinha trazido um armário bem velho e caindo os pedaços pro quarto da minha vó, quando eu estava já arrumado caguei nas calças, mais era tanto coco que chegou ficar pesado, fui para o banheiro as pressas e minha mãe estava rindo de mim e muito, tirei a roupa e a bosta caiu toda pelo chão.
Ricardo e Marcelinho brigando por uma pipa que molhou e se rasgou / xandre

Eu estava em Itajaí cidade na qual morei na minha infância e adolescência, derrepente vi Ricardo um colega que cresceu comigo, corremos ate um terreno baldio onde tinha caido uma pipa, mandei ele pular para pegar que Marcelinho estava vindo pela outra rua, Ricardo subiu no muro e sem pensar pulou só que o terreno estava cheio de água feito um mangue, caindo na água ele afundou e logo voltou pegando a pipa antes de Marcelinho, os dois começaram a brigar e a pipa molhou e rasgou toda.
Jhol doente morrendo / xandre

Jhol o cachorra da minha prima Fernanda apareceu na grama do quintal da minha casa mais ele vomitava muito, e minha mãe dizia que ele estava doente, fazia uns movimentos estranhos e dava pra ver que a pata traseira rastejava no chão, os movimentos aumentavam de uma forma louco comecei a chorar dizendo que ele iria morrer, minha prima também chorava muito, eu gritava para levar ele até um veterinário, meu tio tentou pegar ele no colo mais não deixava queria morder, essa agonia ficou ate o fim do sonho.
Cristina, skate preto e rosa / xandre

Eu estava em uma casa bem grande parecia uma escola tinha muitas criança, assistia televisão e estava passando uma reportagem sobre esporte, parecia que tinha roubo na diretoria do atlético mineiro,nisso Cristina sentou o meu lado e começou a me alisar, aparece meu tio e diz pra sair de perto pois estava com ciumes, eu vou ate um quarto e vejo meu pai deitado reclamando de mal jeito no pescoço, acabo ganhando um skate preto com as rodinhas brancas, vou até a rua e começo a andar, cada vez pego mais velocidade com ele até tentar saltar uma calçada bem alta acabo caindo, chegando dentro da casa uma menina troca por um skate de cor rosa e mais fino, ela diz que aquele é mais moderno.
Cerol chileno / xandre

Estava soltando pipa no terreno vazio one eu morei em Itajai, a rabaiola era grande colorida e eu estava segurando uma lata de linha com cerol chileno, ia buscar as outras pipas longe e cortava todas pois oc erol estava afiado feito uma navalha.
Manel Nervoso / xandre

EU estava em uma varanda quando apareceu Manel português dizendo que seu neto Biel adorava comer morango, apareceu outro homem dizendo que nem os produtores comia a fruta por causa dos agrotóxicos, Manel ficou irritado e começou ficar vermelho coms eu rosto inchando de raiva, falamos para ele comprar os morangos orgânicos que no supermercados Extra vendia.
Aquário / xandre

Estava na casa da minha vó e eu tinha acabado de comprar um aquário era grande e só tinha uma bombinha de ar para limpar a aguá, mais logo desanimei pois não tinha nenhum enfeite só os peixes mesmo, nisso minha pede para sua empregada trazer outro aquário que estava em seu quarto, esse era bonito tinha pedrinhas no fundo e peixes grandes e de cores fortes, logo tive a ideia de passar os pexes do meu para o aquário da minha vó que era maior, mais logo desisti pois os peixes grandes iriam comer os pequenos, quando olhei o meu aquário a água tinha congelado e os peixes estavam morrendo, liguei a bombinha novamente e a água começou suavemente descongelar, ai vi que não poderia desligar a bombinha.
Lindo pássaro colorido / xandre

Era uma casa bem grande parecia um museu antigo, Bia apareceu e começou a falar que tinha ido na sede do Fluminense e tinha tirado fotos com os jogadores comecei a correr e falar ta bom Bia, quando vi um pássaro bonito todo colorido que fugiu da gaiola e deu um voo longo, corri atraz dele, quando apareceu sua dona e pediu para mim pegar, achei uma vassoura e imprensava ele contra o chão bem de leve para não machucar enquanto o bicho gritava muito e tentava me beliscar, nisso sua dona tentava pegar o pássaro que era lindo demais mais muito brabo também.
Fininho com feridas na perna quarto de casa sendo alugado / xandre

Dirigindo meu carro passei por um bar cheio de pessoas balançando bandeiras do Flamengo, dei a volta e vi Fininho me chamando pelo meu apelido ele tinha muitas feridas na perna e no peito,umas feridas estranhas e grandes, vi também Jorge Luiz e sua esposa estacionei o carro na calçada e vi que só tinha a metade do carro, estava cortado ao meio, comecei a beber cerveja com Jorge Luiz e bater papo, depois fui para casa chegando la minha mãe tinha colocado mais 3 camas no meu quarto e ficou falando que tinha alugado para Teresa e Antonio meus vizinhos, reclamei muito dizendo que íamos perder nossa privacidade, mais ela insistia no dinheiro que ganharíamos com aquela situação toda.
Carol ligando o carro / xandre

Eu estava dentro de casa quando ouvi o barulho do carro ligando na garagem, olhei pela janela era minha prima Carol, comecei a gritar para ela não fazer aquilo, ela teimava e ligava o carro corri, e comei a gritar e brigar, ela olhava para minha cara e começa a rir, a janela e a porta do caro estava travada, eu gritava cada vez mais alto e nada dela desligar o carro.
Sitio de Luiz / xandre

Eu e meu tio João estávamos indo para o sitio do meu tio que fica em Tanguá, chegando la vimos o mato bem alto um rio onde tinha um urso branco enorme cheio de filhotes e começou nos atacar para defender seus filhos, tinha também um diabo da tasmânia, e pegadas de tigre na areia fiquei com medo e assustado, nisso eu vejo minha tia Vaninha entrando no rio, quando apareceu uma kombi azul e queria passar por cima do meu tio João, juntou um monte de gente e começamos a levantar a Konbi ate conseguir tombala, minha prima Andreia e meu tio Luiz chegaram nesse momento, meu tio estava com o cabelo Loiro e bem gordo, minha prima entrou na água e quando saiu estava com uma camisa branca aparecendo seus seios.
Reunião de estudantes / xandre

Era uma reunião de estudantes, no sitio que no sonho era do meu pai, só que era um bando de baderneiros, na hora das palestras zoavam tudo, uma hora atacaram uma bomba enorme que cabou caindo no escapamento de um carro e quando estourou o carro andou sozinho sem direção todo mundo ria de se acabar, mais teve uma hora que a coisa ficou muito sério teve um grupo de rockeiros brigando com uma turma de gostava de pagodes, e um dos alunos comentou que la fora já tinha um monte de revolveres escondido para uma suposta briga, fui andando e comei a olhar uns guarda sol preto.
Fabio mamute, loira e fogos de artifícios / xandre

Chamei Fabio Mamute na casa dele para colar uma pipa que estava rasgada, ele veio e trouxe um rolo de durex, começarmos a colar a pipa quando apareceu um loira bem bonita e falou que queira ficar comigo, fomos para dentro do carro quando começamos a namorar e ficar pelados, apareceu minha prima Hayanne com um tipo de fogos de artificio, ela me viu namorando e disse que iria soltar os fogos, pegou um fosforo com a loira e acendeu, os fogos eram aqueles parecidos com de ano novo cheio de cor e fazia bastante barulho, nisso minha mãe aparece e me chama dizendo que já estava chegando a hora de viajar que voltaríamos para Itajaí, chegando na casa vi minha prima Rosana com um olho verde e bonito demais, tocava uma musica no fundo antiga que já tinha sido u grande sucesso de época, eu chorava dizendo que não queria viajar.
Fugindo da policia / xandre

estava na sala de aula quando recebi a noticia que tinha ocorrido uma briga de torcidas e eu tinha dado tiro e matado um torcedor levantei da cadeira e falei para todos que eu ia me entregar pois tinha que reparar a merda que tinha feito, todos começaram a bater palma, chegando na rua encontrei Jorge luis que tinha um chevette branco, pedi a ele uma sandália emprestada para poder correr e fugir, ele disse que me levaria para fora da cidade, entrei no chevette e vi meu colega Edmar, pedindo ajuda pois tinha sido ele o autor dos disparos, fiquei aliviado e arrumamos uma moto para ele fugir, assim que ele se foi com a moto apareceu apolicia subindo a rua, eu e jorge Luis ficamos preocupados e fomos correndo em direção a um bar, pedimos uma cerveja e comentamos que aquilo ali seria nossa desculpe para os policias, acabamos de beber e fomos pra rua onde tinha varias barracas fazendo churrasco, fomos ate uma que o cara cortava a carne de porco na hora e fazia na churrasqueira, estava muito bom macia e gostosa, quando Jorge Luis pegou um monte de facas e atacou na parede de uma casa, dizendo que era assim que se fazia,nos separamos e fui para casa onde morava minha falecida vó.
Levando a mãe ao Hospital / xandre

Minha mãe estava passando mal estava muito abafado eu e ela andamos muito atraz de um hospital,de tanto andar minha mãe começou a passar mal, tive que apoiar ela pra não cair,passamos em frente a um cemitério, e resolvemos pegar um táxi, mais não passava nada, até chegarmos a um terminal de ônibus super moderno,mais não sabíamos qual linha pegar,perguntamos a uma menina que trabalha no guichê de vendas de bilhetes, ela disse que a linha que tínhamos que pegar era a 542.
Medo de fazer prova. / xandre

estava na rua da minha vó e vi meu amigo Jorge Luis saindo de casa, no muro do vizinho da minha vó que tinha acabado de pintar fizeram uma pichação e ele estava muito nervoso com aquilo, chamei meu primo para uma noite ir ate o Bar do Blues falei pra ele que o som não era muito bom mais tinha muita bebida e a entrada era 29 reais apenas, mais em cima na esquina meu pai tava soltando pipa falei pra ele que iria voar, e quando olhei pro alto vi meu pai laçando e torando a pipa, corri e peguei, fui para casa e no quintal tinha um menino brincando com uma bola amarela perguntei de onde era ele disse que era do 170 da casa ao lado, fui dormir que no outro dia iria fazer prova no colégio, acordei 6 horas e vi minha prima e min ha tia dormindo na sala fui tomar café e fiquei com medo de ir fazer a tal prova, então nem fui fiquei em casa mesmo tetando dormir novamente.
Maracanã e muro pichado / xandre

Nesse sonho eu estava indo pro maracanã bebi umas cervas do lado de fora e entrei era jogo do Mengão, mais eu não sabia qual era o outro time, senti a torcida meia quita não cantava e nem gritava como antigamente, ganhamos o jogo e na saída encontrei com meu colega Filé e outra pessoa que estava com ele ofereci uma carona, e fomos para o estacionamento chegando la estava minha prima Fernanda e seu filhinho Pedrinho, olhei para traz e não vi mais ninguém, fui parar na esquina da padaria aqui de casa e estava mexendo no celular quando Rafael veio falar comigo estava com uma voz estranha perguntei se ele vinha da academia ele falou que não malho por que estava doente, fui andando e vi umas casas abandonadas e destruídas e fiquei reparando um muro que tinha uma grande pixachão de preto.
Padaria da Família / xandre

Meu pai comprou uma padaria e trabalhava eu e minha mãe no começo não vendíamos nada e ninguém entrava, primeira coisa que vendemos foi um trident de limão, depois entrou um meninos perguntando se tinha pipa pra vender, falei que tinha em casa e ia buscar era 70 centavos, no caminho céu estava muito escuro e tinha muitos relâmpagos, quando voltei já estávamos vendendo pão, leite e outras coisas mais e minha mãe estava adorando trabalhar atraz do balcão..
Formatura esquisita / xandre

era minha formatura só não sei em que me formava chovia muito e tinha um rapaz com um material tipo esses de escalar montanha descemos todos atras dele no meio do transito quando vi meu colega Rodrigo sentado em frente a uma igreja que estava tocando funk, ele falava que ali seria a festa de formatura, lembrei que tinha esquecido o celular no carro e voltei para pegar, no meio da chuva era muita água e eue stava com um casaco de plastico azul tentando se proteger da água, andei muito e cheguei ate um Polo preto, procurei todo o carro e não encontrei meu telefone, minha namorada me mostrou um monte de relógio dizendo que so tinha aquilo dentro do porta luvas..
pastel e cabelo com piolho / xandre

Meu Tio queria comer algo mais não queria o que estava na panela era bife, então ele resolveu fazer pastel, eu estava abraçado com minha vó que já é falecida, ele fez um monte de pastel eu peguei alguns e comecei a comer, minha prima achou aquilo um absurdo e tomou tudo, dando para minha vó fiquei puto e falei pra ela que um dia era da caça outra do caçador, fui para rua e entrei em uma loja que vendia pipa, mais não comprei nada por que o vendedor me mostrou e disse que só tinha pipa muito grande, depois estava na casa da minha prima que estava no sofá deitada tirando piolho com um pente muito esquisito, ela perguntou se eu queria ficar com ela, disse que estava doida para me beijar. minha prima depois ficava loira e me perguntava por que eu não ligava pra ela dia de semana só procurava ela nos sábados e domingos.
turismo de barco água suja, soltando pipa / xandre

turismo de barco água suja, soltando pipaEstava soltando pipa com Patrick e tinha outros dois meninos em cima de uma laje, dei linha para poder cortar os dois e acabei voando, Patrick tentou cortar também e foi junto, desci a laje e comecei a discutir com meu pai que me ameaçou com uma faca, ele tinha um cabelo grande tipo rastafári, fui tentar subi o muro de Tinho para chegar no telhado nisso seu cachorro veio para cima de mim e dei um soco bem no queijo derrubando o cão, depois fui ver estava em um navio fazendo turismo em Itajaí, só que a água do mar estava muito barrenta e suja E TINHA UM MONTE DE COROAS NO MEIO Do passeio, uma delas muito gorda caiu no meu do chão e não queria deixar ninguém passar.
Academia e almoço na casa de Xuxu / xandre

estava malhando na academia estava cheia demais, e vi meu professor parar na frente de uma aluna falar uma gracinha pra ela, nisso a menina vai e começar beijar sua boca, foi um algazarra total, estava tentando malhar e todos os aparelhos estavam cheios, quando vi estava correndo pela rua pelado e chovia muito, fiquei com vergonha com um monte de pessoas me olhando, depois disso fui parar na casa de xuxu e estavam servindo almoço, me deram um prato com bife a milanesa, salada, arroz, feijão e beterraba.
Briga com namorada e paisagem de cinema / xandre

era uma fazenda grande e bonita vi minha namorada andando e segui mais na frente tinha um rapaz e ela ficou rindo pra ele fiquei puto e comecei a correr ela veio atraz de mim, parei para conversar e terminei tudo com ela, que começou a chorar, disse que ia sofrer mais ia conseguir superar aquilo, fui até a cozinha da fazenda e perguntei quanto era o almoço, a mulher me mostrou alguns pratos congelados e disse que ia fazer para mim como se eu fosse empregado da fazenda e não me cobraria nada, fui para fora passear e vi um estrangeiro tirando foto ee apontou a câmera para mim e eu abaixei a cabeça, mais afrente tinha um rio lindo e uma paisagem de cinema chamei minha mãe e pedi a minha câmera para tirar foto, mais a frente tinha uma menina brincando de bicicleta e vi minha ex olhando para mim sorrindo, não dei confiança, fui descer o morro para ir embora e tinha um burro e um cavalo, fiquei com medo de atravessar o corredor pois o burro começou a pular e tentar acerta eu e outra pessoa com coice, passamos pelos animais e na outra descida tinha um homem de bigode me olhando, pensei que era um policia disfarçando, mais a frente tinha um bebedouro enorme mais estava sem água.
Pista de decolagem na minha rua e Cacalo jogando sinuca / xandre

Minha colega de Infância Jaqueline vinha até minha rua me ver, me deu um beijo no rosto e fomos ate um lugar que parecia um aeroporto, ela fazia uma posições estranhas e consegui se equilibrar na vitrine do guichê, fique perguntando como ela conseguia fazer aquilo, ela pegou o voo, engraçado que a pista de decolagem fiava na minha rua, fui andando ate a rua da feira onde vi Cacalo jogando sinuca, só que o que caia na caçapa ela o casco de cerveja, Cacalo jogou cerveja em um homem que queria jogar fora da sua vez, continuei andando e vi o ponto de bicho onde meu primo trabalha fechado.
carro no valão e gilete cortando o braço / xandre

comecei soltar pipa mais o vento ficou muito forte, vi que minha linha embolou toda e fui então no shopping com minha mãe, chegando no estacionamento tinha um carro com dois bandidos apontando a arma para gente, minha mãe fez uma manobra e caiu dentro de um valão, tentei abrira porta pra sair mais ela manobrou o carro que era um fusca dando tempo de tirar sem afundar, fui para em uma rua onde p primo de Pulinho m cercava queria me acertar com uma gilete na mão, tentei de todas as formas escapar, mais ele fechava todas as saídas e passava a gilete no meu braço sentia o corte e sangrava muito.
ser igual diabo..... / xandre

estava na rua do bar da minha madrinha quando todos gritaram e apontaram para um ser, falavam que era o diabo, ele entrou no bar e queria puxar conversa com os outros e cheio de historinhas e gracinha, minha tia apareceu no quintal e quando o ser foi falar com ela, correu e dizia que não queria papo, que era pra ele ir embora logo, o ser começou a rir e tocar um violão e foi se afastando, nisso chegou um pessoal que se dizia parente do ceara, tinha um casal no meio e a mulher se deitou embaixo do balcão e ficou sem sutiã, quando vi olhei para o outro lado pois não estava afim de confusão, fui para dentro de casa onde meu falecido padrinho estava com fome e reclamando que não tinha comida, nisso a tal mulher vem e beija minha boca, reclamei e logo em seguida chega seu marido querendo arrumar confusão, peguei ele e sentamos no sofá dizendo que não tinha acontecido nada que jamais daria em cima da sua esposa, a perna dele tremia de nervoso.
Carro extraterrestre e sanduíche na padaria / xandre

ERA noite eu e um amigo estávamos soltando pipa para ver se localizava algo no céu, quando alguma coisa cortou nossa linha, apareceu um carro estranho cheio de antenas e todo escuro, corremos e quando abriu a porta vimos que era um extraterrestre, entrei na casa de Beto e logo vi que o tal carro seguiu em frente, fui seguindo e derrepente ele abriu a porta, saiu um ser estranho perguntando por que queríamos fazer contato com ele, que isso não era bom, fui até uma padaria e uma menina pediu um lanche de queijo com peito de peru, estava muito bom.
todo mijado / xandre

Estava vagando pela rua já era de madrugada parecia que eu estava já meio bêbado, alterado quando resolvi voltar para casa, só que era a antiga casa onde minha falecida vó morava, pelo caminho falei com Roberto Fumaça que tinha um bar e ainda estava funcionando, fui para o banheiro com uma vontade enorme de urinar, quando comecei a fazer meu primo Marquinho entrou no banheiro e começou a fazer xixi em cima de mim, fiquei muito irado e queria dar um soco na sua cara, quando chegou meu tio e começou a pedir para que eu não fizesse nada.
Remédio e bicicleta, tio fisioterapeuta / xandre

estava em um lugar nãos ei se era hospital ou clinica tinha duas meninas que me seguraram e queria me dar injeção pois eu estava com uma gripe ferrada, aplicaram um remédio na minha mão que dava uma picada como se fosse um agulha, e enfiaram um liquido pela boca mais era tanto que saia pelos olhos e nariz consegui sair dali e fui para em um posto de gasolina em obras onde roubaram minha bicicleta, andei ate o centro da cidade e vi meu tio Chicão atendendo uma paciente fazendo fisioterapia nela, meu tio tinha um cabelo comprido com rabo de cavalo e a sala onde ele atendia era bonita toda de vidro , nisso Cilmar não queria devolver minha bicicleta, falei com seu filho e ele ficou rindo da minha cara.
Kira com raiva / xandre

Soltava pipa Xandy e Julio estavam passando cerol quando perguntei que linha era aquela, nisso a cachorra da vizinha Kira se solta e dava pra perceber que ela estava estranha parecendo estar com raiva e tentava me morder de qualquer maneira, fui até a casa de Cilmar ele me mandou ir pra rua, nisso já estava em outra que tinha um valão no meio e a cachorra cai dentro do valão, ela rosnava muito e estava doida pra me morder, continuei soltando pipa mais sozinho pois sabia que ela não ia conseguir subir sozinha.
Touro Preto / xandre

Era uma arena grande estava um monte de conhecidos meus apareceu um touro grande e preto, o pessoal se divertia parecia um tipo de tourada, eu estava em cima da arena o toura vinha por baixo e tentava me acertar eu pulava e o pessoal ia ao delírio, isso rolou durante um tempão e quando vi já estava escuro e o relógio marcava 1:20 da madrugada, derrepente o touro conseguiu subir a arena e eu estava em cima da mureta fiquei quetinho mais o touro passava o chifre perto de mim e sentiu que eu estava ali, eu não podia me mexer, teve um momento que ele foi para o outro lado e eu pulei pra rua, fui uma correira todos fugindo, tentei subir no ônibus mais ele não parou, corri muito encontrei meu primo Leco e meu colega Julinho que estava com uma bicicleta de carga, ele parou e começou a carregar eu e meu primo olhei para traz e não vi mais o touro, quando cheguei na casa da minha tia vi ela no portão fazendo o sinal do crucifixo.
Leão na janela, traficante matando o tarado / xandre

Estava na minha rua era noite quando minha vizinha me chamou quando olhei para janela dela tinha um leão deitado, ela me deu um dinheiro para compra um presente de natal, quando passou minha prima Carol e uma menina de carro, mais deixou outra amiga para traz, peguei o carro para ir na casa da minha tia quando essa amiga me pediu uma carona, ela entrou no carro e seguimos quando em um certo momento ela me beijou quando bati o carro no poste pois tampou minha visão, ela falou que iria contar para minhas primas, falei que ela tava maluco pois eu tinha namorada, ela começou a rir, chegamos perto do colégio que minha prima iria a uma festinha, já ali eu estava carregando a menina de bicicleta ela voltou a me agarrar só que apareceu um homem com o pênis de fora querendo pegar essa menina eu gritei dizendo para não fazer isso, quando apareceu um traficante pegou o tarado e matou, eu e amiga da minha prima corremos desesperadamente.
Lixo pela cidade e goleiro Bruno fugindo / xandre

A Cidade onde eu estava os lixeiros tinham entrado em greve era muita sujeira lixo para todo lado, tinha muitos ratos e baratas um mal cheiro e uma imundice muito grande, cheguei em uma casa com um portão amarelo claro tinha um homem, e derrepente o goleiro Bruno que estava preso pulava o portão e dizia que iria para caxias toda noite acontecia isso, alguém tirou uma foto e ia denunciar a algum jornal da cidade.
Ajudando presos a fugir do presidio / xandre

Meu tio Francisco bolou um plano para tirar um monte de pessoas da cadeia falei com ele que não daria certo, ele entrou no presidio e logo muitos policias começaram a invadir e tacar bomba de gás, fiquei a procura dele por um bom tempo fui parar em um lugar onde estava minha namorada e uma televisão ligada que pegou um espirito, onde ouvi uma gargalhada sinistra e macabra fiquei com muito medo, voltando ao presidio consegui achar meu tio, mais parecia que ele tinha ficado ruim da cabeça e não dizia coisa com coisa, fomos para rua e encontramos com uma mulher, pedi urgente ajuda pra ela, foi quando ela me deu a chave do seu carro e mandou eu fugir, era uma Ferrari vermelha novinha, comecei a dirigir em alta velocidade mais não sabia onde estava o volante, nosso plano era levar ele pra uma cidade pequena, mais logo descartamos pois poderiam nos reconhecer fácil.
eu com camisa do Flamengo e briga no quintal / xandre

passando na padaria perto de casa tinha algumas pessoas bebendo eu estava com minha camisa do Flamengo, onde passei tinha alguns vascainos jogando carta, fui atravessar a rua quase que o ônibus da ABC me atropela, cheguei na minha rua estava sem luz, quando cheguei no portão vim uns três caras correndo e batendo em todo mundo, quando chegaram perto de mim comecei a socar e esmurrar a cara de um que caiu na grama o outro deu um chute e um pontapé, saíram correndo em direção a esquina.
Atravessando estrada, escada grande / xandre

Ia atravessar uma estrada muito movimentada eu, minha mãe, minha vó e meu tio Luis, estava muito difícil muitos carros em alta velocidade primeiro foi minha mãe e minha vó que quase foram atropeladas, briguei muito com elas que ainda tentaram voltar, e manda mos ela parar pois iam ser atropeladelas, depois foi eu e meu tio Luis que travessamos calmamente depois que diminui o movimento de carros, paramos em um estaleiro e começamos a subir uma escada muito grande, tinha uma menina que ficava reclamando e gritando, dizendo que era para descer dali rápido.
Zoando meu sogro, boi no quintal / xandre

Estava eu e Jhon zoando Meu sogro Zé Carlos dizendo que a camisa do Fluminense era feia cheia de cor e coisa de boiola, pedimos para ligar o ventilador mais não funcionava, fui embora e na rua encontrei Manuel soltando pipa, ele vuou e fomos para casa quando fomos entrar no quintal para ir para varanda vinha um monte de bois brabos,deia a volta e consegui entrar na varanda. Nisso encontrei com uma mulher na rua e comecei a beijar-la só que ela tinha os seios murchos.
ex com bigode e cidade turística / xandre

Estava em uma cidade turística com uma bela praia, perguntei qual er o nome mais o cara que fazia sanduíches não sabia, estava eu, minha ex e minha atual namorada, minha ex tinha um bigode muito estranho, a gente estava com uma caneta pilot e pichava tudo que via, um cara viu e disse que iria denunciar a gente para a policia, anoiteceu e a cidade ficava linda muitas luzes, e minha ex perguntou se eu tinha comprado camisinha, falei pra ela que não e o bigode dela aumentava.
Relógio, atrasado para o curso e Jaqueline / xandre

Estava indo para o curso de Inglês e o relógio marcava 10:45 e faltava 15 minutos para começar, tente i correr mais não deu tempo, fui pra casa e amarrei uma lata de leite e um sapato com barbante e ataquei na antena do vizinho, quando entrei na sala encontrei a Jaqueline sentada fiquei surpreso pois muito tempo não tinha contato com ela, falei que ia dormir dei um beijo e um abraço, nisso entra um cara perguntando seu queria fazer sexo com ele, me escondi atras do portão e veio meu pai e minha mãe, comecei a rir e tentar enganalos dizendo que já iria dormir.
/ xandre

Eu vinha dirigindo estava chovendo nisso um carro vermelho que estava na minha frente derrapa feio e quase bate, tinha uma mulher dentro que ficou muito assustada deu meia volta e partiu, fui ate um escritório la estava Mauricio meu colega pedi o numero do seu telefone para gente curtir uma noitada qualquer dia, fui parar em um galpão enorme onde começamos a jogar bola, golzinho de praia, de tchau e chegando na rua vi Miguel passando cerol em um pedaço de linha para soltar pipa.
pipa preta,laranja estrada e musica Canteiros / xandre

Estava no meu quintal quando olhei pra cima do telhado tinha uma imagem de uma estatua que jogou uma pipa preta para mim pegar,fiquei meio assustado nisso tinha outra pipa da cor laranja no meio da rua corri para pegar antes da minha vizinha, Patrick apareceu rindo dizendo que tinha soltado a pipa de propósito,fui ate a rua onde meu tio mora, e na ultima casa da rua tinha uma estrada de asfalto peguei o carro e fui ate o topo da estrada onde tinha um pedágio,chegando la pedi informação a duas mulheres uma não tinha os dois dentes da frente, quando voltei pelo caminho estava sentado em um velotrol de criança, tinha uma tribo brigando com outra e uma delas matou todo mundo, no fundo eu escutava a musica do FAGNER Canteiros .
/ xandre

estava no Porto Velho soltando pipa com Patrick quando chegou seu tio Marcelo e quis laçar, perdendo todas as pipas, fui até em casa e peguei minha lata de linha com cerol, estiquei toda linha pela rua e fiquei esperando MARCELO VOLTAR POIS ELE TINHA IDO EM CASA PEGAR MAIS PIPAS, fiquei nervoso por que começaram a molhar a rua e o cerol da linha começou a siar, quando chegou Marcelo de moto e trouxe pra mais e 50 pipas, mais o tempo virou e começou a cair um toró, era muita água.
Colégio Gigante / xandre

Estava em um colégio era do governo pela placa na parede, muito grande corredores enormes sala com ar condicionado, escada rolante para subir e descer, me perdi e não sabia onde era minha aula, iria começar o curso de Inglês,que eu já tinha matado muita aula, fiquei correndo igual a um louco pelos corredores, subindo e descendo escada para tentar achar a droga da minha sala e nada, depois deixei pa la sabia que não iria mais passar mesmo na matéria pois já tinha perdido muita aula.
Dente Caido / xandre

senti uma dor forte no canto da boca e quando vi um dente meu tinha caído, mostrei ao meu pai e comecei a chorar dizia que nunca mais ia sair na rua pois todos iam rir da minha cara, pois tinha caído meu dente, meu pai falou que iria pagar um implante para mim, só que o dente era muito grande e tinha dois buracos bem no meio dele. fiquei desesperado.
chuva na sala onde estudei......... / xandre

chovia muito e eu estava na minha antiga sala onde estudei no Henrique LAGE, acabei dormindo com o ar condicionado bem gelado, chovia muito e tinha um boné preto com o escudo do Flamengo pendurado na parede e caiu muita água sobre ele, encharcando, sai dali e fui parar na auto estrada Lago-Barra, junto com buiu tinha um cara sentado na pedra rindo e nos mostrou uma pistola, fomos ate a beira do mar e Buiu mergulho, a água estava suja e eu falei que não entraria, derrepente a maré secou e apareceu um monte de pedras, os garotos mergulhavam sem nenhum cuidado.
cortando o pé de acelora...filhotes de pardal / xandre

Estava sentado na sala quando apareceu um homem com uma serra elétrica para corta o pé de acerola, comecei a brigar com minha mãe pois ele começou a cortar tudo pelando o pé, cada passada arrancava um grande pedaço da arvore, tinha duas gaiolas de passarinho, eu vendo ele cortar tudo gritei bem alto POha, minha mãe veio atraz de mim para eu pedir desculpa, ela pegou duas facas e me ameaçou, corri para cozinha e ela veio atraz, meu pai na cama pediu para para com aquilo, nisso aprece 4 filhotinhos de pardal que cairão do pé, comecei dar granola e açaí para eles comerem, e uma vasilha de alpiste um estava dentro da gaiola do meu canário comendo as penas do rabo dele, fui pegar ele começou a me beliscar, peguei o carro e fui até a casa da minha tia, um filhote de pardal estava dentro e virou uma mariposa.
carro com Gnv / xandre

Estava com um cilindro de Gnv na mão, desses usados em carro para gaz, mais o cilindro era leve e parecia com casaca de Ovo, instalei no meu carro e andei do Rio de Janeiro a Santa caterina com apenas 10 reais, fiquei todo bobo rindo pacas.
/ xandre

Tinha caído um diluvio na cidade onde eu morava, estava sem água e a comida estava acabando encontrei meu primo Leco, que pediu para passar protetor solar em seu rosto, depois fomos ate uma casa onde estava cheio de fliperama, começamos a jogar depois fui até uma padaria comprar um biscoito wafer mais só tinha de morango e eu queria chocolate,quando o balconista preparou um pão cheio de batatas fritas para mim,enquanto isso tinha um garotinho querendo roubar meu sanduíche e meu dinheiro.
Ratos na Oficina / xandre

Tinha quatro camundongos na oficina aqui de casa peguei a ratoeira e prendi eles, mais dentro tinha um pintinho o camundongo tava com tanta fome que começou a comer, comecei a gritar para alguém fazer alguma coisa, o rato matou e comeu o pintinho, achei um martelo e com tanta raiva comecei a matar um por um, um único camundongo que ficou tentou me morder, tirei a perna da frente ai ele virou um lagarto.
Ônibus, skate no transito / xandre

Estava eu e Jean dentro de um ônibus e pedíamos para o motorista acelerar o máximo possível, eu colocava o corpo pra fora da janela e começa a gritar sentia o vento bater forte no rosto e implicava com quem passava na rua tinha um gordinha na janela do outro ônibus e eu ataquei um monte de feijão nele, descemos perto de uma academia e continuamos andando até la, chegamos e fomos malhar no supino reto,depois achei um skate e voltei pra casa no meio do transito quando depois do sinal vim Irineu também de skate no meio do transito, ele fazia um monte de manobras maneiras e eu tentando acelerar o máximo que podia, quando chegou na esquina da minha casa gritei o nome dele, olhando para traz ele parou e eu fui ao seu encontro com meu skate na mão, ele começou a rir e disse que eu era meio maluco.
Rafael primo, chevette / xandre

Liguei para meu primo Rafael para ver se curtíamos uma noitada ele apareceu m um chevette velho e fumando! dizendo que ia trabalhar e não tinha hora para sair estava todo metido dentro daquele carro, fali que pegaria ele em casa umas meia noite ele começou a rir e debochar da minha cara, amanheceu e vi meu primo entrando no banheiro chamei ele para ir a praian fui parar no bar da minha tia que estava cheio e meu padrinho falecido estava almoçando mais reclamou que não tinha farinha pra comer com feijão, fui para a rua e vi os muros todos pichados.
Forró Joãozinho / xandre

Tinha ido ao mercado e do lado de fora ouvia uma musica bem legal era forró,sai do mercado e fui ver onde era, quando encontrei o lugar da musica vi Joãozinho afinando a voz e tocando um instrumento bem diferente, o somera alto efore e Joãozinho cantava com alegria parecia estar meio bebado.
Curitiba, passeio em Itajai / xandre

Estava em Curitiba na casa da Ângela ela aproveitou que estava eu e minha prima Rosana e começou a fazer uma faxina, pois tinha muita sujeira espalhada e me pedia para não deixar nenhum grão de areia cair no chão pois ela tinha um monte de esculturas feita com areia de praia, fui fazer um turismo pela cidade e fui parar em Itajaí, fui até a rua onde morei andando de bicicleta passei pela casa de João Fernando e sua minha gritou dizendo que tinha um rato, fui até o final da rua e tinha um trem quase me atropelou, na volta chamei João que não me reconheceu, ai eu disse O mané sou eu, veio ele e sua esposa falar comigo, voltei para casa da Angel e tinha uma televisão grande mais estava fora de foco, também tinha uma oficina que consertava barcos, tinha muita lata de óleo de carro.
Enchente no RIO DE JANEIRO / xandre

TINHA CHOVIDO MUITO no Rio de Janeiro toda hora aparecia no jornal nacional pessoas andando com pranchas de surf pela cidade, rios enchendo as ruas, ônibus parados, as praias cheias de lixo um verdadeiro caos urbano, nisso aparecia Zico aquele jogador que era do Flamengo voando de asa delta para dizer que era o único meio de se locomover pela cidade sem se molhar, depois eu via meu vizinho surfando pelas águas sujas da enchente e sendo entrevistado pelo jornalista.
Roubando mangas do vizinho, e um tigre / xandre

Estava na casa da minha vó por parte de pai junto com meu primo Marcelo BOBO perto do muro, quando puxei um pedaço grande de linha com cerol que vinha da casa do vizinho desci e fui até a rua para tentar soltar o restante da linha que estava presa no portão, subi novamente até o quintal da minha vó e vi um monte de mangas na casa do vizinho e com um pedaço de linha arranquei um monte, quando Roberta e Monique viram e começaram a brigar, comecei a discutir e peguei algumas mangas e dei pra elas nisso o cachorro pulou pro quintal onde estávamos e depois voltou igual a um sapo, olhei pro quintal eles e tinha um monte de crianças e um tigre brincando com elas, ele fazia um monte de movimentos parecidos com um boi, depois corria e agarrava as crianças pela boca mais não machucava nenhuma delas.
Escrevendo no muro e uma casa flutuante / xandre

Eu e minha priminha Carol começamos a escrever no muro de sua casa com Giz, riscamos tudo até o giz acabar, depois começamos a rir alto, quando fui ver estava em uma casa que flutuava em cima de um mar lindo, cismei que tinha que tirar uma foto para postar no Facebook pelo celular, mais derrepente estava encalhado na areia, e tinha muita sujeira, comecei a empurrar uma canoa bem pequena para tentar colocar a casa novamente no lugar, mais veio uma onda enorme e quase tomei um caxote por pouco consegui furar a onda, fiquei muito decepcionado e triste pois tinha perdido aquele lindo visual.
Gipe, BAR / xandre

Encontrei na rua Juninho Caveira dizendo que queriam matar ele, me pediu uma carona tentei fugir e tal mais não deu, ele me mostrou um gipe velho comecei a rir, peguei o carro e dei uma carona até perto de casa, depois fui abrir o bar da minha tia e o cadeado estava aberto na calçada e já tinha umas pessoas esperando abrir, quando falei que tinha que buscar minha tia na igreja e começaram a brigar.
Carro sujo e gritos / xandre

Estava com Uma Palio e estava muito suja resolvi lavar ela só que manobrei um ônibus em frente de casa para esconder o sol que estava muito quente, liguei a torneira e comecei a lavar a roda que saia muita lama, passou 4 pessoas de cor negra e me ameaçou perguntando de quem era o carro, respondi que não era meu e estava vendido mostrando o anuncio no vidro de trás, subi as escadas procurando minha mãe e comecei a discutir perguntando onde estava o pano para limpar o carro fui até a varanda e vi água escorrendo pela cozinha, quando voltei tomei um susto pois o carro não estava mais la e o ônibus estava pardo em outro lugar, quando vi minha vizinha e perguntei se tinha visto o carro, ela me respondeu que mandou seu filho pegar para comprar um bujão de gás, olhei pra ela e dei um grito muito alto, duas mulheres loiras que estavam na casa de cima começaram a olha e a gritar também.
ratos no porão e bebidas / xandre

Estava andando no quintal da primeira casa que minha vó morou, quando ouvi meu pai me chamar em cima da escada sentado em uma cadeira de rodas, fui até ele depois desci até o porão quando vi dois ratos um grande e gordo o outo menor, eles correram em direção ao meu pai o maior se jogou da escada bateu no chão e começou a tremer todo e morreu, o menor fui atras dele com uma pedaço de vassoura, mais ele subiu no meu ombro e meu pai gritava ele ta indo pra suas costas, consegui jogar ele no chão e dei uma pulada que deixou ele tonto, nisso ele subiu em uma cerca de arame quando consegui acertar e matar, enchendo a cerca de sangue. depois parei em uma rua onde tinha um monte de objetos de um lugar que parecia tinha pegado fogo, tinha bebidas caras, óculos escuros de marca, maços de cigarro, e uma menina dizendo para não tocar em nada, só que quando saiu uma turma de um colégio começou a saquear tudo, eu fui pegando só Whisky e vodka.
jogando banco imobiliário / xandre

Estava reunido com um monte de pessoas jogando banco imobiliário quando no quarto ao lado saiu um coroa que todos diziam que era maluco babando muito, todos que estavam sentados começaram a correr, até que duas mulheres conseguiram pegar e colocar o coroa no quarto de volta, mais o chão estava todo molhado pois o coroa tinha babado tudo, voltamos a jogar e senti meu pé molhado pois tinha pisado na baba do velho, apareceu dois cachorros fiquei um pouco com medo, quando fui ver estava no quintal da casa do meu primo onde tinha uma galinha com dois pintinhos.
Treinamento policial / xandre

Estava escrito no curso de atirador de elite da policia do rio de janeiro, assisti um monte de videos com situações onde tinha reféns e os atiradores conseguiam matar os bandidos e as vitimas saiam ilesas, vi também ações táticas dos helicópteros nas favelas.
/ xandre

Estava caminhando em uma duna enorme, alta muito grande percebi que tinha um homem me seguindo e la embaixo um rio de águas claras e um monte de pessoa falando uma língua diferente do português parecia grego, voltei e quando sai da dunas tinha um policial me apontando uma arma ele atirou mais não me acertou o impacto do tiro jogou ele para traz batendo com a cabeça na parede, corri e na frente tinha uma policial que atirou em mim peguei sua arma e acertei ela mais a bala pegou no colete agarrando ela na parede, o povo começou a gritar para me prender.
Quarto ar condicinonado / xandre

estava na casa da minha falecida Vó, fui ate o quarto e vi meu colega Filé dormindo, o ar estava gelado la dentro queria que ele acordasse mais nada adiantou, pois queria dormir e era minha hora, la fora estava muito quente.
Caminhando pela rua de madrugada, carro e bicicleta com guidom torto / xandre

Estava caminhando pela rua era madrugada frio e com uma toca tampando os olhos, passou do carros da policia abaixei a cabeça e continue, quando vi estava dentro de um carro fui até uma padaria e vi Fininho, Waguinho e Bacalhau sentados em uma mesa bebendo, dei a volta no carro abri os vidros ate a metade e passei devagarinho olhando pra eles, logo na frente tinha dois carros batidos um estava já em cima do reboque, tentei ver a placa mais não consegui, mais a frente quando fiz a curva estava sentado em cima de uma bicicleta mais o guidom estava torto e ficava difícil pedalar pois estava muito pesada.
colégio e torcida. / xandre

estava andando com Bruninho e uma turma bem grande de um colégio todos de camisa branca e shorts azul, derrepente todo mundo parou no ponto de ônibus e foi us caos, depois vi um amigo meu chamado xuxu e mais duas pessoas com camisas da raça fla, falei pra um deles tira pois tem muitos vascainos la fora querendo entrar pode rolar tumulto aqui dentro, quando percebi o lugar era uma boate onde outro amigo meu Alessandro dançava de forma muito esquezita, nisso xuxu saiu rpa rua e foi atraz dos vascainos mais não viu ninguém e peguntou se tínhamos medos dos otários.
/ xandre

Estava na antiga casa onde minha falecida Vó, onde as paredes estavam pichadas e o chão era toda de taco, subi até a laje para soltar pipa e tinha um garoto la querendo colocar no alto também mais eu cortava a dele, quando desci pra rua dois garotos Rian e Marcelinho puchavam a linha que stava na minha lata, peguei um pelo pescoço e quase matei sufocado, voltei pra casa e fiquei vendo o jogo do Flamengo, mais comecei a chorar por que ele perdia.
/ xandre

Estava sentado em frente a um boeiro e via um monte de pexes nadando nele e fiquei imaginando com eles sobreviviam ali naquela água suja, aparece um cara começou a matar e limpar os peixes para vender.
/ xandre

estava em Itajaí onde eu morei junto com meu camarada Diego íamos beirando as praias, chegou em um certo ponto coloquei a mão no nariz e percebi um enorme cabelo fui puxando e não aparava de crescer, nisso apareceu um pombo e uma maquina de pegar doces coloquei uma moeda e saiu um vidro de vick vapourub, fomos pra fora e sentamos perto de um lugar que se chama Cabeçudas é uma praia, derrepente veio um grande arrastão pessoas correndo e no céu aparecia um Helicóptero que começa apegar fogo, uma grande correria tomou conta do lugar, queria tirar foto mais tinha esquecida minha câmera.
Excurssão maluca. / xandre

era uma escursão tinha um mar lindo por onde o ônibus passava, derrepente vinha aneve e esfriava muito, a dona da excursão era uma mulher gorda que ligou o videoke e passava para todos uma borracha por onde as pessoas cantavam, derrepente alguem girtou olha o trem do passeio vamos pegar, alguma pesoas conseguiram sair pela janela do onibus, eu vi ot rem e tentei sair mais o motorista tinha sumido e deixou o onibus sem freio, coomeçou a descer a ladeira e todos gritavam dentro do onibus, quando eu consegui engatar a marcah e fazer o onbius parar.
/ xandre

estava andando na rua quando vi um carro da policia entrar correndo na rua onde eu moro, ouvi vários tiros e eu e um monte de meninas encostamos na parede, corri para ver o que estava acontecendo quando um guarda municipal me segurou, falei pra ele que morava ali e fiquei preocupado pois o carro estava parado em frente a minha casa, fui subindo a rua e vi que a troca de tiros era no sitio que tem na minha rua, quando o portão abria os garis todos se jogavam no chão, voltei pra onde eu estava e uma menina me agarrou e me beijou.
/ xandre

Tive um sonho muito estranho hoje sonhei que estava no cemitério em um enterro só que eu não conhecia a pessoa e tinha uma multidão acompanhando tambem, depois que o fulano foi enterrado começou uma grande confusão brigas e tumultos comecei a correr até chegar na rua, avistei trez amigos meus que estavam bebendo e dançando em um bar chamei um pelo nome que veio e começou a me mostrar meu carro em cima de um tipo de macaco, incrivel que meu carro tinha doze rodas e todas elas estavam fora, meus amigos começaram a me ajudar a colocar as rodas nos lugares foi quando minha mão passou e me chamou para ir embora dizendo que ali era muito perigoso.
/ xandre

tinha um galinheiro em casa com vários filhotes de pato e canário Belga, quando os filhotes de canário fugiam os patos voavam tentando comer todos, eu vinha correndo tentando pegar os patos para guardar mais não dava devido a velocidade dos bichinhos
/ xandre

Dirigia um Fusca branco que meu falecido tio tinha a muito tempo, só que tinha dois volantes e minha namorada guiava um pouco no banco do carona, estacionamos ele no mercado com o vidro aberto e ninguém mexeu em nada nem no telefone celular que estava no banco, resolvemos ir em Niterói mais voltamos no meio do caminho com medo de ser pego pela policia pois eu dizia que o IPVA do carro estava atrasado a mais de 10 anos
Policia..foto com troféu e um fuzil / xandre

estava junto com minha namorada em um supermercado quando vi um trofeu e rapidamente comecei tirar foto junto com outras pessoas, nisso entra um carro da policia dentro do mercado manda todo mundo sair rápido, foi quando peguei o fuzil que estava na mão do policia e comecei ver o numero que tinha nele, corri e vi dois caras quebrando o muro da minha casa, chamei meu pai que pegou um revolver e gritou que ia matar um, quando eu falei acerta mesmo da tiro neles
Casa em Petrópolis com chuva / xandre

fui para petrópolis com minha namorada e duas meninas que nunca tinha visto mais diziam ser minhas primas, acabamos parando na casa do tio da minha namorada que nos recebeu falando que era trinta reais para usar o bar ele foi pra janela e falou que chovia muito, fui para o quarto e vi o primo da minha namorada dormindo, ele acordou e falou que estava bêbado e tinha vindo do baile onde transou com mais de de mulheres, uma das meninas que era minha prima falou que ele era muito feio, fui pra sala e vi minha namorada atacando pedra nos outros na janela falei para ela parar por que podia ter câmeras pela casa filmando tudo, depois fui para o quintal chovia muito, mais caia muita água mesmo, apareceu uma cobra e vários bichos um estava vestido de padre e dizia que não era estuprador, derrepente estava na ria onde eu moro com minha priminha e tinha um cachorro morto, ela chorava e apertava a boca dele dizendo que tinha sido um taxista que tinha matado o cachorro atropelado.
Soltando pipa / xandre

Soltando pipaestava soltando pipa com meu primo, ventava muito quando veio uma voada e eu peguei pulando um terreno baldio, depois cortei uma e tmb peguei engraçado que todas as pipas eram verdes, o vento era tão forte que eu brigava com meu primo que tava deixando todas elas rasgarem, quando uma que agente soltava agarro no poste e eu reclamava que o cerol estava roçando no feio e estava saindo, a pipa saiu do fio mais veio todas rasgada.
CABO FRIO E PROVA e pé sujo / xandre

estava em cabo frio procurando estacionamento quando vi meu amigo Thiago que pegou meu carro e cortou caminho pela calçada,raspando o pneu no meio fio que estava com tinta amarela marcando o pneu, corri pela calçada e fui para na fila do dentista mais como tava com o pé sujo não subi,depois acabei parando na sala da minha vó com meu pai, vi meu primo da uma cambalhota e um mortal. depois fui parar em uma prova para trabalhar como agente municipal.
Casa mal assombrada / xandre

estava em uma casa em obra parecia de um amigo que ia se casar foi anoitecendo senti uma sensação muito ruim, quando derrepente algo gritou e sacudiu tudo um grito horroroso de dor parecia um espirito do mal
Ídolos em casa / xandre

Estava sentado no sofa quando escutei barulho de carro na garagem, fui la ver tinha dos carros diferentes na garagem quando saiu as pessoas eram ZICO, JUNIOR E NUNES (Antigos jogadores do Flamengo), fui correndo perguntar se poderia tirar foto e fiquei maluco atraz das pilhas pra recarregar, uns deles olhou pra mim e falou calma deixa agente chegar primeiro. voltei pra sala quando chegou um som que meu pai tinha comprado, mais estava com o botão ruim meu pai começou a discutir com os vendedores que falam que não iam trocar nada, voltei pra garagem e não tinha mais ninguém, quando meu vizinho me chamou pra soltar pipa na laje, tentamos subir mais a escada quebrou ai fomos escorando pelo muro quebrando as telhas, um cachorro começou a latir
Paraty e o passarinho maluco / xandre

tinha ido a Paraty estava no calçadão quando vi a namorada de um colega fui la falei com ela e perguntei se seu namorada tava ali e disse que sim, entramos em um onibus todo de vidro e ficamos esperando, quando ele apareceu e eu fiquei na janela gritando seu nome só que ele não viu, comecei a ficar com um vontade enorme de siar dali pois estava me sentindo sufocar, quando desci encontrei uma mulher que me agarrou e me beijou ela tinha um olho lindo, entramos em uma loja que tinha dois homens e uma gaiola com um passarinho que tinha um bico enorme e queria beliscar todo mundo, derrepente o pássaro fugiu da gaiola e começou a correr atraz de mim, quando fui pra ura já estava noite e vários pássaros do mesmo tipo estavam na área me beliscando, corri muito mais sentia a dor das beliscadas, quando derrepente estava no com um celular na mão lendo um torpedo da minha namorada, fui até um hotel e vi uma faca grande na escada...
Galpão cheio de criaturas estranhs / xandre

Galpão cheio de criaturas estranhsera um galpão cheio de bichos estranhos apareceu dos caras e falou que só eu poderia ve-los pois eram criaturas de outro planeta, chamei minha tia e ela falava que não tinha nada ali que eu estava ficando louco, foi quando uma criatura gigante apareceu parecia um elefante e um dos homens gritava pra voltar, corri e acabei chegando na barbearia de um amigo que estava chorando muito pois tinha perdido seu filho, abracei ele e depois fui embora.
Festa maluca / xandre

estava na casa da minha vó e tinha um frigorifico bem grande, minha namorada estava sentada na mesa e minha prima lhe deu uma lata de refri mais estava quente, meu primo Marlons passou por mim comendo um pimentão e sorrindo, um vizinho meu estava dançando forro com uma meninha, fui até o tanque e lavei minha luva de malhar que estava muito suja de barro, encontrei meu amigo Muringa suado e limpando uma peça de carne, depois levantei chamei minha namorada e fui embora, quando abri o potão minha vó que já faleceu meu chamou dizendo que eu era mal educado por não me despedir das pessoas, falei que tinha que ir embora pois tinha que sair.
abduzido / xandre

abduzidoestava em uma fazenda grande quando fui abduzido por uma nave grande e brilhante nde tinha dois seres pequenos e cinzas com lhos grandes, corpo pequeno e sem boca...
Maquina fotografica na água / xandre

Estava na praia com alguns amigos, quando em uma pedra grande apareceu um lagarto enorme de um lado e um bixo amarelado do outro, os dois começaram a brigar e eu apontei para meu amigo peguei minha camera para tirar foto quando ele me puxou, perdi o equilibrio e minha camera caiu na água, fiquei nervoso tentando ligar e nada.
carro e praia / xandre

Sonhei que estava em uma praia com uma colega minha quando o mar começou a subir muito e chegou até onde eu tinha estacionado meu carro

Corri desesperadamente para tentar tirar ele do estacionamento mais a correnteza era muito forte e acabou levando o carro

Comecei a rir e dizer que o seguro ia pagar o prejuízo.

casa da Vó / xandre

Estava dormindo na casa da minha avó quando acordei eu vi meu tio Carlos indo ate um quarto entrei para ver o que era vi um monte de passarinhos um grande gaiolão com vários periquitos.

Depois vi meu tio João passar com dois pinicos na mão brigando com meu primo Rafael dizendo que queria ir ao banheiro.

Na sala estava minha vó e minha mãe conversando sobre dinheiro.

colando na prova / xandre

Sonhei que estava na casa do meu amigo André em Itajaí quando estávamos saindo sua mãe perguntou como estava meu pai eu disse que estava tudo bem mais meu pai tinha se acidentado ela não acreditou e mandou-me parar de mentir nisso André falou que tínhamos que ir logo, pois estávamos atrasados para fazer uma prova no colégio.

Fomos corremos e chegamos atrasados tomamos uma bronca do professor, sentamos um do lado do outro e começamos a fazer a prova, mais eu não sabia quase nada e comecei a colar de uma menina branca que estava na minha frente ela jogava um papel com as respostas das questões.

André não queria me dar colar começamos a discutir e o professor tomou minha prova dizendo que eu era um vagabundo que não queria estudar e só queria saber de bagunça.

Mandei ele a merda e me retirei da sala xingando todo mundo

canário falante / xandre

Entrei no quartinho aqui de casa estava cheio de teias de aranha e vi lá em cima do armarinho uma gaiola.

Para minha surpresa tinha um canário dentro era fêmea e estava quase morrendo sem água e sem comida nenhuma.

Arranquei um monte de teias de aranha e peguei a gaiola e a vasilha enchi de água a canária começou a beber e me agradeceu falando obrigado.

Fiquei espantado como um passarinho podia falar, depois ela olhou para mim e perguntou senão ia pega comida para ela pois estava morrendo de fome e a mais de um ano ela não comia nada…

areia e carro / xandre

Sonhei que estava lavando meu carro dei uma geral ficou super lindo, mais quando abri a porta da frente estava tudo cheio de areia da praia quanto mais eu limpava mais arei aparecia.

Fui para parte traseira e mais areia fiquei doido, pois não sabia de onde estava vindo aquele monte de areia.

Catava com a mão com o aspirador de pó e quando eu pensava que estava tudo limpinho aparecia mais areia ainda.

praia batendo / xandre

Estava em uma praia com meu tio e minha afilhada o mar estava calmo e tinha uma pedra linda nessa praia que cercava uma parte da areia.

O tempo virou do nada e o mar começou a bater muito quando uma onda enorme quase levou minha afilhada mandei meu tio tirar ela da areia senão ia arrastar a menina para longe.

O cabelo do meu tio caiu e um siri levou para dentro da toca.

caminhão..fulga...moto e bicicleta / xandre

Encontrei com meu primo André e meu tio Luiz que estavam desesperados, pois havian roubado seu carro ele me chamou para entrar no seu caminhão e fomos para um lugar sinistro verificar se o carro estava lá.

Chegando lá encontramos uma gangue sinistra depenando vários carros um cara reconheceu meu tio e começou ameaçar a gente com uma arma na mão. Meu tio disse que ele estava enganado, pois só estava ali para comprar peça para um carro, o cara começou a dar tiros e fomos correndo para saída chegando lá o caminhão tinha desaparecido e tinha uma moto toda velha e uma bicicleta daquelas cecizinha antiga.

Olhei para aquilo e falei estamos ferrados isso não anda nada, meu primo disse que a bicicleta era importada e voava baixo, peguei então e comecei a andar engraçado que tinha uma turbina quando dei a primeira pedalada a bicicleta chegou a 200 cai em umas pedras e senti meu corpo todo ralado e muita dor.

barats. Rafael e Itajai / xandre

SONHEI que estava no meu apartamento em Itajaí onde morei muito tempo e minha mãe estava reclamando de um armário da cozinha que estava velho e cheio de baratas.

Peguei a lata de baygon e comecei a espirrar dentro do armário começou a sair muita barata de dentro e corri com nojo para rua.

Lá vi meu amigo Rafael que era meu vizinho na época começamos a conversar e ele falou que tava retirando os móveis de casa, pois iria se mudar para o centro da cidade.

Vi sua mãe Vera quando eu murava lá a gente sempre se estranhava, pois eu sempre arrumava confusão com seus filhos, ela olhou para mim e falou nossa Alexandre como você mudou parece mais educado.

/ xandre

Estava voltando do colégio quando um vizinho falou que eu estava fazendo aniversário e tomaria ovadas da turma que estava me esperando, só que ainda era dia 24 e eu faço aniversário dia 25.

Ele falou que não interessava que já estava cercado, quando vi a turma toda da rua da minha vó com ovo e farinha de trigo para me pegar, tentei correr mais já não deu mais tempo fui literalmente batizado ficando todo sujo.

Entrei na casa da minha vó e vim um chuveiro enorme no quintal fui la me limpar e tirei a roupa toda, quando saiu um monte de velinhas que estavam fazendo oração e me viram pelado, ficaram todas assanhadinhas.

Fiquei todo envergonhado e perguntei meu primo Marcelo se tinha uma bermuda para me emprestar ele rindo muito disse que não.

Então fui escondido até o quarto dele com a mão tampando as coisas, tinha duas meninas no quarto dele e começaram a gritar que eu era tarado.

Corri para o quarto da minha vó e coloquei um vestido dela preto.

seios enormes / xandre

Estava na academia malhando peito e vi um aparelho novo fiquei curioso e fui lá ver. Tinha algo escrito nele mais era em forma de símbolo.

Fui e fiz duas séries nele nisso vem meu instrutor e fala para mim para de fazer, pois aquele aparelho era para crescer os seios.

Quando vi tava com um peito grandão seios enormes e todo mundo começou a rir

Comecei a brigar com meu professor para tirar aquilo de mim.

teste de calcinhas / xandre

SONHEI eu estava com meu love em uma loja da cea, ela queria comprar um casaco mais quando vimos a seção de lingerie fiquei doido e pedi para ela fazer um teste com todas as calcinhas pequenas.

Cada uma que ela colocava aparecia suas coxas grossas e lindas fiquei maluco e comecei agarrar ela na frente de todo mundo que começou a vaiar

assalto / xandre

Fui comprar refrigerante e cerveja no mercado quando entrou dois garotos um negro e um branco e foram direto para os fundos do mercado uma mulher começou a gritar que era assalto e um dos garotos puxou um revolver com o cano enorme começou a gritaria.

Peguei um telefone no chão e chamei a policia que chegou rápido mais notei que no meu dos policias tinha um rapaz que malha comigo na academia.

Ele pediu calma e disse que a policia estava com uma arma a laser e que ia matar os bandidos

Eles entraram e prenderam os assaltantes mais quando eu vi o rosto de um tinha a cara de um gorila olhou para mim e disse vou te matar você é um x9 safado e começou a tocar um funk com a montagem do gorila

NOtas falsas / xandre

Estava indo ao açougue quando um homem com mascara preta e com um casaco verde me parou e disse abre a mão e toma isso aqui cara.

Fiquei assustado e quando ele foi embora abri a mão e vi que eram notas de dinheiro, uma de 50 uma de 10 e uma de 2 reais.

Achei as notas estranhas e percebi que o dinheiro não era verdadeiro mais quis dar uma de esperto e fui tentar passar a grana.

Entrei em uma farmácia e pedi um monte de remédios para mim, meu pai e também peguei alguns chocolates.

Quando fui pagar a mulher do caixa apertou um botão e falou você esta fudido essa nota e falsa

Peguei as mercadorias e sai correndo

/ xandre

Estava na minha antiga casa em Itajaí, fazia muito frio e ventava demais estava esperando a madrugada cair, pois estava com um estoque de latas de spray para fazer todo o visual nos muros.

Reparei que meus antigos vizinhos não moravam mais lá e que na rua tinha uma estatua grande de um porco, não entendi o porquê e não tinha ninguém para perguntar.

Fui em direção ao centro da cidade e reparei que muita coisa tinha mudado, mais o frio era tão grande que quando ia usar a lata de spray para pichar não saia nada tinha congelado e ficado sem gás assim a tinta não poderia sair.

Perguntei a um homem onde tinha posto a gás para poder colocar na lata, ele me respondeu que só perto da br, mais não podia demorar muito pois quando amanhecia o posto lotava pois só tinha uma bomba.

trote / xandre

Sonhei que tinha passado no vestibular da UERJ e quando fui para o primeiro dia de aula alguns alunos falaram que ai ter trote

Escondi-me dentro do banheiro e esperei todos irem.

Mais quando peguei o ônibus para ir embora estavam todos dentro e me pegaram e me deixaram pelado dizendo que é assim que acontecia com que fugisse dos trotes

invasão de baratas 2 / xandre

invasão de baratas 2Estava deitado na minha cama no escuro quando senti um monte de sensações estranhas pelo corpo.

Parecia alguma coisa andando por cima de mim mais não dava para ver, pois estava tudo escuro demais,

Levantei para acender a luz e ver o que era

Quando vi milhares de baratas por cima do meu corpo, entrei em desespero me batia para tirar mais não adiantava nada pois voltavam.

Senti nojo e comecei a vomitar.

indo ao maracanã / xandre

Fui à casa do meu amigo Anderson e Sandro pra ir ao maracanã para ver o jogo do São Paulo contra o Flamengo , depois descemos até a pracinha para pegar o ônibus e partir junto com os amigos da Jovem.

Chegando ao jogo vimos uma briga e mais de dez caras com a camisa da Raça espancando um São Paulino.

Fomos lá e se metemos quando chegou a cavalaria e o cavalo deu um coice na cara de um homem.

Não conseguimos ingresso quando um cara disse que podíamos pular pela casa de caranguejo, não entendi nada e fiquei perguntando por que esse nome.

Anderson disse que sabia onde ficava isso, quando chegam lá percebi por que do nome, tinha milhares de caranguejos e quando tentávamos entrar para pular eles atacavam a gente com as garras cortando feito uma tesoura.

Quando recebemos a noticia que o Flamengo tinha perdido o jogo de 5 a 1, ficamos putos e começamos a chorar

açaí e futebol / xandre

Estava indo comprar uma barra de açaí quando vi um grupo de pessoas jogando bola, reconheci um menino que malhou comigo na academia, perguntei a ele se podia jogar mais tinha que ir primeiro cortar a barra de açaí em pedaços, pois ia derreter toda.

Quando cheguei para cortar a barra notei que minha vó que estava trabalhando nessa tarefa, nisso Cristiano veio com duas barras e pediu para cortar também.

Guardei meu açaí em uma bolsa e fui jogar bola, mais quando voltei notei que a barra estava descongelando, fui escondido e peguei alguns pedaços de açaí da barra de Cristiano, que ficou puto e mandou-me sair do jogo, pois eu era um traidor safado.

Peguei minha barra de açaí e fui embora dizendo que ali só tinha perna de pau jogando futebol.

invasão de baratas / xandre

invasão de baratasEstava na sala da minha casa vendo tv quando senti um barulho estranho no banheiro levantei para ver.

Quando abri a porta milhares de baratas saíram em minha direção, eram muitas vinham de cima do telhado do ralo do banheiro da pia de todos os lugares.

Senti uma sensação horrível não de medo mais de nojo, elas começaram subir pelas minhas pernas e quando vi já estava todo tomado.

Tentei correr mais não adiantou e uma voz dizia.

Nossa vingança e te matar, pois você matou muitas de nossa espécie

moto / xandre

motoSonhei que tinha comprado uma moto na loja ela estava perfeita, mais quando levei para casa e fui dar uma volta a moto não pegava e quando tentava colocar para funcionar a gasolina toda vazava pelo punho do acelerador.

Achei muito estranho meu colega Jorginho viu aquilo e me ensinou que tinha que apertar um botão embaixo do banco para ligar a moto mais mesmo assim a gasolina vazava toda, nisso um homem escuro me ensinou que tinha que apertar uma borracha para para de vazar ai a moto ficou legal.

Fui até a padaria e quando estacionei roubaram a moto o dono da padaria começou a rir da minha ara e saímos no tapa dei dois socos nele e disse que queria minha moto de volta.

Depois que brigamos ele correu para um terreno vazio e mostrou minha moto escondida no canto subi e fui embora com medo de perder a moto novamente.

caindo da laje / xandre

caindo da lajeComecei a subir um muro para poder chegar a laje do meu vizinho para poder soltar uma pipa grande e toda verde que tava lá em casa.

Senti certa dificuldade, pois a lata de linha não deixava eu escalar o muro direito.

Quando cheguei à laje vi que era muito alta e fiquei com medo mais começou a ventar forte e a pipa subiu fácil.

Mais quando fui andando para trás guiando a pipa eu senti que o chão tinha acabado e despenquei tentei bater os braços para voar mais foi em vão.

Bati no chão com tanta força que senti muita dor e minha alma saiu do corpo quando foi subindo me vi no chão todo quebrado e com uma poça enorme de sangue

cachorro preto com raiva / xandre

Estava indo para casa da minha vó, que mora em São Gonçalo, quando der repente me vi na rua onde eu morei em Itajaí, fiquei assustado, pois tinha um cachorro preto grande me olhando com muita raiva.

Comecei a andar devagar para trás e quando ameacei correr o cachorro veio em minha direção para me morder

Pulei para o lado e vi um filhotinho de gato o peguei no colo, pois sabia se o cachorro o visse iria querer matar o gatinho.

carro roubado / xandre

Estava com meu love no carro eu de carona e ela dirigindo quando a pedi pra para no posto para comprar um refrigerante e mandei-a tirar a chave da ignição.

Fomos ate a loja compramos o refrigerante e uma batatinha frita.

Quando voltamos ao lugar onde tínhamos estacionado o carro não inha mais nada comecei a brigar com ela, pois tinha esquecido a chave dentro do carro.

O cara que trabalhava no posto disse que dois homens tinham levado o carro comecei a ficar nervoso, pois o carro não tinha seguro.

pé de manga / xandre

Eu estava com o marido da minha prima no quintal da minha tia quando ele teve a idéia de pegar algumas mangas, a mangueira era grande e estava carregada.

Dava para sentir o cheiro das mangas era doce e cheirava muito bem, só que estava muito alto e ele começou a gritar para eu achar um bambu.

Comecei a procurar e achei uma vara bem grande, levei até ele e começamos a derrubar as mangas do pé, quando batia no chão estourava tudo pois as mangas estavam super maduras.

Foi quando vi meu amigo Sandro que começou a falar que servia para fazer suco mesmo caindo no chão

Curitiba / xandre

Eu estava dirigindo meu carro com minha mãe no carona em Niterói quando entrei em uma rua e sai em Curitiba onde morei um ano.

Achei muito estranho chegando mais em frente minha mãe viu uma amiga dela que morava na mesma rua chamada Ângela, que gritou para gente daí eu parei o carro.

Ela abraçou minha mãe e disse que estava morrendo de saudade, quando olhei para o lado vi sua filha Jaqueline que era uma grande amiga minha, ela também me abraçou e começou a falar que eu estava mais forte que nem parecia aquele garoto magro e fraquinho que morava em Curitiba. Notei que ela tava grávida e perguntei se era menino ou menina.

casa tremendo e chuva / xandre

Estava no terraço da casa da minha madrinha e chovia muito quando olhei para os lados a casa do vizinho estava cheia até a metade

Fiquei desesperado, pois a casa da minha madrinha tremia toda parecia que ia desabar, e a chuva aumentava cada vez mais.

Quando comecei a gritar e chamar minha madrinha.

Ela falou que estava tudo sobre controle pois a casa tremia mais nunca caia

jogos para super nintendo / xandre

Eu caminhava pela rua quando encontrei meu colega Jean ele me chamou para ir até sua casa para pegar uns cartuchos de super nintendo que ele tinha guardado no seu terraço.

Falei para ele que aquilo já estava fora de moda, mais ele falou que era relíquia e que eu tinha que jogar para reviver o passado.

Quando cheguei lá notei que tinha muitos e ele disse que tinha que escolher 2 para eu levar

Mais eu queria levar muito mais, pois tinha muitos jogos bons.

preso pichando / xandre

Saímos eu meu primo Leco e um amigo chamado Marcelo para pichar um muro em Niterói

Chegando lá a rua estava toda deserta parecia que ia ser fácil demais, quando meu primo tirou a lata de spray da calça onde tava escondido.

Apareceu um carro da policia e um monte de gente que estava escondido saiu atrás da gente.

Ficamos parados e fomos presos, o guarda dizia para gente que íamos se ferrar na cadeia que agente ia apanhar muito, tomar choque no saco e ficar dez dias sem comer nada..

trabalho..bicicleta e claustrofobia. / xandre

Comecei a trabalhar e um ferro velho e notei que um rapaz que mora na rua da minha avó também trabalhava lá Vebinho, quando deu a hora do almoço nosso chefe liberou pra gente ir almoçar em casa.

Vebinho me ofereceu uma carona de bicicleta e eu topei, ele conduzia feito um louco no meio do transito e jogando as pessoas para a calçada.

Chegando na minha rua ele me deixou na esquina encontrei um colega meu chamado Dudu, que estva com uma camisa do São Paulo, olhei para ele e chamei de vira casaca pois ele era Flamenguista.

Para ir almoçar tive que passar por um corredor estreito ai comecei a sentir coisas estranhas e uma voz falou que eu estava começando a ter claustrofobia.

casa antiga / xandre

casa antigaSonhei que estava em uma casa o piso era daqueles tacos bem antigos de madeira e tinha muita areia não tinha porta e eu imaginava com o os moradores conseguiam dormir sem se preocupar com ladrões

Do lado de fora tudo era antigo tanque de lavar roupas de madeira muita imagem de santo no jardim e um cachorro branco ficava preso no fundo do quintal.

Tinha um pé enorme de manga também e nele tinha um balanço todo enferrujado.

Loja e seguranças / xandre

Fui a casa e vídeo com meu love era dia de promoção e a loja estava cheia, começamos a procurar uma cadeira de praia para comprar mais estava difícil se movimentar devido ao tumulto.

Quando o alto falante da loja um homem de voz grossa anuncio que a loja estava sendo assaltada e começou a tocar uma sirene e os seguranças mandaram todo mundo fazer um fila para passar no detector.

Foi passando um por um na minha vez fiquei suando e com medo mais passei e nada acusou, quando meu love passou a sirene tocou e tinha um monte de produtos na bolsa dela, os seguranças agarraram e levaram ela eu tentei impedir mais não consegui tomei um soco e cai no chão.

/ xandre

Vi meu pai andando feliz e alegre chamei ele perguntando aonde ele iria, ele falou que ia para seu trabalho novo e se eu não queria ir com ele.

Então chegamos a um galpão cheio de potes de sorvete e uma fila muito grande de crianças, cada criança que ele servia começa a sorrir dava pra ver o ar de felicidade do meu pai.

Fiquei muito emocionado e comecei a chorar meu pai me olhou e disse nada de choro filho aqui é lugar de muita alegria na minha sorveteria.

atropelamento / xandre

Estava dirigindo um carro dentro estava minha mãe minha priminha e um garoto que nunca vi na minha vida

Comecei a acelerar muito minha mãe gritando dizendo que não ia dar certo isso, mais estava com muita fome e queria chegar logo em casa para comer.

Quando cheguei perto de casa tinha um monte de gente no meio da rua em frente a casa de saúde, quando desvie e logo atrás veio um ônibus que atropelou uma mulher que estava de roupa amarela destruindo todo o corpo dela.

abelhas africanas / xandre

abelhas africanasEstava sentado em um bosque quando vi um enxame de abelhas africanas sobrevoando minha cabeça

Percebi que arainha estava me olhando pude notar que o ferrão dela era bem maior que a das outras abelhas, logo na frente tinha um lago bem grande com águas tranqüilas.

Corri muito e as abelhas atrás de mim quando percebi que ia ser picado dei um grande salto me jogando na água

Rio das Ostras / xandre

Estava eu e meu amigo Jorge em direção a uma praia quando vimos uma ponte enorme, fomos andando pela ponte quando chegou certo ponto estava quebrada, falei com Jorge que se a gente pulasse na água se afogaria, pois devia ser muito fundo ali.

Ele respondeu que não e pulou a água não veio nem na cintura então pulei também andamos um pouco e chegamos a Rio das Ostras onde seu cunhado esperava agente.

Mais fiquei preocupado que não tinha avisado aos meus pais e pedi para fazer uma ligação, só que o telefone não pegava estava mudo falei com Jorge que iria voltar para casa ele disse que não podia, pois o mar tinha tomado tudo alagando a cidade fiquei preocupado mais tive que ficar ali mesmo pois tava batendo ondas enormes e ventava muito.



Escola / xandre

Estava na sala de aula no Henrique Lage colégio no qual eu fiz meus segundo, estava no fim da aula quando tocou o sinal, fui correndo em direção a outra sala para ver se meu love estava lá mais já tinha todos saídos

Quando chegou um cara com uma lata de spray e começou a pichar as paredes, perguntei se podia jogar um nome o cara correu.

Fui atrás dele mais não encontrei ninguém.

pipas e rãs / xandre

pipas e rãsEstava na casa da amiga da minha mãe a Ângela lá em Itajaí e da sacada eu viu um monte de pipas algumas no ar e outras agarradas no telhado das casa.

Desci rápido e fui até a casa onde eu morei para pegar a minha pipa e colocar no ar, só que quando entrei vi meu pai pintando as paredes de branco e colocando madeiras na janela, perguntei o porquê daquilo tudo, ele me respondeu que estávamos de mudança voltando para o Rio de Janeiro.

Peguei minha pipa e fui até a rua de traz onde tinha um mangue, vi um monte de rãs pulando.

Musculação maluca / xandre

Estava indo para academia malhar quando cheguei percebi algo estranho, os aparelhos de musculação tinham sumido e carteiras de escola estavam no lugar com um monte de gente estranha sentadas e um negão dando aula de anabolizantes, quando entrei na sala todos olharam para mim e o negão falou, pronto chegou o mestre das bombas e todos ficaram rindo.



Falei que nunca tinha usado esse tipo de coisa, ai o negão disse que teria de entrar uma mãe de santo para tirar o mal estava dentro de mim, olhei para ele e disse que mau tava na puta quel pariu.



Nisso entrou uma mulher toda de branco e começou a falar coisas estranhas no meu ouvido senti uma dor enorme na barriga e comecei a vomitar, quando entrou minha prima só de calcinha dizendo para tirar a mão de mim que tava tudo amarrado em nome de Jesus, minha prima me tacou um balde com água benta e mandou eu correr



O negão começou a gritar que o mal estava dentro daquela sala



Corri muito e fui em direção a rua

Roubado em Paraty / xandre

Estava em paraty com meu love ficamos admirados com as belezas naturais daquele lugar tudo muito lindo, mais ficamos chateados pois não tínhamos levado a maquina digital para tirar foto, mais tudo bem mesmo assim estávamos curtindo muito foi quando vimos um casal de turistas tirando fotos ai tive a idéia de pedir para tirar algumas nossa e depois mandar para meu email, quando perguntei eles não entendiam nossas língua mais apontei para câmera e falei email, o cara entendeu e tal com gestos ele pediu para eu e meu love ir para dentro do mar que lá ficaria melhor as fotos, entramos na água e mergulhamos, quando olhei para traz vi o casal correndo com nossas bolsas onde estava todo o dinheiro, sai atrás dele feito um louco mais eles sumiram fiquei com cara de idiota.
Lanchonete estranha / xandre

Eu e meu primo Rafael estávamos procurando um lugar para comer, pois estávamos mortos de fome foi quando vimos uma lanchonete que vendia cachorro quente só que a gente tinha que escolher o cachorro para fazer o lanche, tinha milhares de cachorros de todos os tipos e raça fiquei com nojo e perguntei o dono que coisa era aquela de matar os bichos para fazer cachorro quente o dono falou que era a ultima moda na Europa e que todos comiam muito ali, meu primo Rafael ficou meio bolado e partiu para briga com o dono, que sacou uma espada de Samurai e começou a dizer que ia cortar a gente e fazer um sanduíche diferente para os clientes dele com as nossas cabeças, começamos a correr mais só que quanto mais força eu fazia menos velocidade eu conseguia ter, senti um corte nas costa e o cara rindo muito dizendo que eu já eram que minha cabeça ia ficar bem bonita em um pedaço de pão fresco.
Calombo / xandre



Estava carregando meu pai na garupa de uma bicicleta quando bati meu tornozelo em alguma coisa, senti muita dor continuei andando e quando parei para descansai tirei o tênis e vi um grande calombo na altura do tornozelo, não podia nem tocar, pois sentia uma dor enorme, meu pai mandou colocar na água fria e depois na quente, quando fiz esse processo quase morri de dor, queria levantar para continuar andando de bicicleta e não podia cada vez mais aumentava o calombo já estava ficando nervoso, pois estava com medo do meu tornozelo explodir.

minotauro / xandre

Estava andando pela areia da praia de Cabeçudas em Itajaí quando encontrei um amigo meu que não via a tempos Marcelo, ele me disse que tinha comprado mais de 100 latas de spray e queria pichar Itajaí todinha, perguntando se eu não queria ir com ele, concordei na hora fomos até a estrada que corta as praias onde eu me lembro só tinha muro de pedras, mais quando chegamos lá vimos um cara de costas com roupa de segurança, quando viu a gente com a lata de spray não mão veio correndo em nossa direção com um taco de golfe e quando tirou a mascara vimos que era um minotauro, corremos e ficamos ouvindo os gritos dele o tempo todo
excursão / xandre

Estava indo para uma excursão no sitio com minha madrinha e um monte de pessoas que eu não conheço quando o pneu do ônibus furou, peguei meu celular e liguei para meu carro que veio sozinho no piloto automático, não dei carona para ninguém e todos ficaram nervosos com minha atitude, cheguei no sitio e fui logo para piscina depois de um tempinho chega o ônibus com um curativo grande no pneu e todos dizendo que eu era um traidor, depois fomos até o campo jogar um futebol, mais ninguém queria me escolher dizendo que eu era egoísta mandei todos a merda e voltei para meu quarto para poder assistir ao jogo do Flamengo, fique bravo pois o jogo acabou empate com o Bangu.
outra dimensão / xandre

Sonhei que estava jogando bola na rua quando um cara chutou forte e ela foi a direção a um grafite no muro quando fui ver a bola entrou por dentro da parede e todo mundo começou a falar que era um portal para outra dimensão, todos ficaram com medo mais eu fui e entrei por dentro do grafite, fui parar em um lugar estranho onde os cachorros andavam em duas patas, macacos falavam e os homens vestia roupas pretas
gatos revoltados / xandre

Estávamos caminhando pela rua quando entramos em um beco para cortar caminho quando fomos cercados por vários gatos todos de cores pretas e olhos que brilhavam feito diamante, começaram a nos atacar mordendo nossas canelas e arranhando todos, os gatos miavam de um jeito assustador e com muito ódio no olhar, corremos mais eles não desistiam de jeito nenhum, até que vimos uma piscina e pulamos a água estava fria e meu primo gritava que não sabia nadar, e os gatos do lado de fora esperando a gente sair para acabar com a gente.
entrevista para emprego / xandre

Fui fazer uma entrevista naOIpara trabalho e uma mulher veio com um mural estranho e engraçado ela começou a falar para que servia cada botão numa velocidade alucinante quase não deu para entender nada, nem fiz o texte direto e a tal mulher disse que eu estava reprovado e que não ia ganhar nada de emprego e começou a rir da minha cara
Procurando meu love / xandre

Sai de casa para telefonar para meu love mais não conseguia discar todos os números do celular dela então fui até a academia ver se ela estava lá mais não encontrei, desci a escada e percebi que estava toda cercada com uma rede achei meio estranho, quando acabei de descer e olhei para a janela vi um homem jogando uma camisa do Flamengo e um boné amarelo no lixo fiquei brabo e comecei a xingar ele, quando sai na rua percebi que estava em Itajaí e vi meu primo Rafael na calçada comecei a brigar com ele pois tinha marcado 8 e 30 na sua casa para gente sair e já era 8 e 40 e ele ainda estava na rua e todo sujo, ele ficou chateado comigo e fui embora, andando mais um pouco entrei em outra rua e sai em São Gonçalo quando vi meu tio estacionado seu carro e perguntei se ele me emprestava para eu ir ate a casa da minha namorada ele disse não falando que o carro era novo que eu ia bater.
/ xandre

Estava sentado na casa antiga da minha avó quando minha prima Thais entrou pela porta cheia de malas e presentes e começou a chamar todo mundo, nisso meu avô que já faleceu saiu do quarto e perguntou que bagunça era aquela e por que tanta gritaria, quando ele viu minha prima começou a chorar e dizer que estava com muitas saudades, meu primo colocou um funk e todos começaram a sorrir, notei que na parede tinha uma gaiola com um canário amarelo que não parava de cantar, logo minha prima entregou os presentes e saiu com meu tio dizendo que ia voltar para os ESTADOS UNIDOS e que só voltaria daqui a dois anos
amigo no hospital / xandre

Estava eu e Jean indo para o rio visitar um amigo no hospital que tinha sofrido um acidente e machucado a perna, chegando lá notamos que o hospital era um castelo enorme muito escuro e frio por dentro, procuramos pelo nosso amigo Douglas e logo encontramos ele já tinha sido medicado e podia ir embora conosco, fomos para a rua e chegamos a um ponto de ônibus, quando chegamos um homem gritou apontando para Jean que ele era um policial, jean ficou zangão e começou a urinar no trailer do cara, depois ficamos um tempão e nada de vim o nosso ônibus, resolvemos ir para outro lugar quando começou a chover forte e começamos a discutir, nisso Douglas começou a reclamar de dor e andar com uma perna só.
Churrasco / xandre

Fui até a casa da minha vó quando cheguei ao portão meu amigo Jorge gritou meu nome e perguntou se eu queria ir a um churrasco lá em Niterói, peguei meu chinelo e fui com ele. Chegando tava rolando um pagode e muita carne queimando em mais de 10 churrasqueiras, sentamos e fomos pegar uma cerveja mais um cara branco e alto disse que ainda estava quente a bebida, comecei a discutir com ele pois todo mundo estava bebendo e perguntei por que tava quente se todos saboreavam a cerveja, ele mandou eu me calar e ficar esperando, na hora de comer ninguém oferecia nada para gente e todo mundo com os pratos cheios e a gente só observando tudo, fiquei com raiva e falei para Jorge que ia embora, ele olhou para mim e disse sorrindo, pode ir irmão eu vou esperar a cerveja gelar, falei para ele que o dono do churrasco era um babaca que não queria dar nada para a gente, peguei meu chinelo e fui embora.
gordo vomitando / xandre

Estava andando pela rua quando um rapaz gordo e com um rosto preto veio em minha direção me perguntando a hora, quando mostrei meu relógio ele apontou uma faca e disse que queria me levar, pois era um assalto eu disse que não ia então ele começou a vomitar e gritar muito dizendo que o mal tinha possuído ele, que era para eu correr muito e chamar a policia.
cachorro e video game / xandre

Estava na casa da minha avó quando ela me chamou e mostrou seu novo cachorro, branco todo peludo e já adulto, perguntei se ele não era perigoso, pois tinha uma cara muito malvada, mais o cachorro veio abando o rabo e me lambendo, corria feito um doido e fazia muita bagunça, nisso eu entro na casa e chamo meu primo Marcelo perguntando se ele tinha comprado algum filme novo na feira, ele responde que não mais me mostrou um vídeo game quando ele usava o controle o cachorro da minha vó andava, quando ele apertava um botão o cachorro latia, achei muito engraçado e falei que queria fazer isso também, mais quando fui brincar com o controle e apertar o botão o cachorro começou a fazer coco e meu primo começou a rir da minha cara.
Lago / xandre

Sonhei que estava sentado na beira de um lago grande cercado de arvores borboletas por todos os lados quando senti um calafrio e tomei um soco nas costas me jogando para dentro do lago, a água estava fria e escura quando tentei sair não conseguia parecia que tinha uma redoma de vidro, eu batia socava e nada com isso o ar tava terminando e eu desesperado pois não conseguia respirar, quanto mais eu socava para tentar sair mais ar eu perdia e cada vez mais a água esfriava aumentando mais o desespero
polcia pegou pichando muro / xandre

Estávamos eu e meu primo Rafael pichando um muro em Niterói quando apareceu o gol da policia e colou a gente no banco de traz dizendo que íamos morrer, pois pichar ela um crime muito grave sob o artigo 6543 de poluição do meio ambiente, falei para o pm que isso era maluquice dele, pois não tinha nada a ver com poluição, ele respondeu que tinha sim com poluição visual e tínhamos que dar um carro novo para ele senão morreríamos Rafael meu primo começou a chorar e disse que seu pai tinha um monza novo, mais o pm disse que queria um astra preto que tinha perto de sua casa, comecei a dizer que não ia dar e que o pm fosse a merda
Recordar é viver / xandre

Peguei um ônibus na esquina da minha rua e quando fui descer estava na FEPEVI escola na qual eu estudei sete anos quando morei em Itajaí fui andando até a quadra de futebol onde todas as manhãs antes do sinal bater jogava bola com meus amigos, fiquei ali sentado lembrando dos velhos tempo quando foi chegando Fabrício, João,Giovani,Leandro,Amador,Tita e outros amigos que sempre jogavam bola comigo, começamos a jogar e relembrar, depois fomos todos para a piscina tomar banho muitas gargalhadas como era na aula de Educação Física, depois fomos para a janela que ficávamos vendo os cadáveres no laboratório de anatomia, a noite foi caindo e fomos nos despedindo todos se abraçanado e falando que aquilo sim era tempo bom que nunca mais voltara.
criatura / xandre

Estava eu e minha madrinha andando pelo centro indo fazer compras para o bar dela quando vimos uma grande correiria e pessoas sangrando e gritando muito, carros batendo e muita policia, começamos a correr também e vimos um bicho estranha que flutuava e tinha os olhos vermelhos de onde saiam raios no qual queimavam e matavam as pessoas na hora, a criatura estava vindo em nossa direção, não sabíamos o que fazer mais entramos em uma Kombi que estava parada e comecei a dirigir quando a criatura acertou um raio no pneu e comecei a capotar, olhei para traz e vi minha madrinha toda queimada e gemendo muito.
pancadas / xandre

Estava eu Sandro e Anderson na esquina quando passou um rapaz com um taco de beisebol na mão e começou a apontar e gritar dizendo que ia encher todos nóis de pancada, então ele começou a dar com o taco em Andersom que caiu no chão e foi todo espancado, nisso eu e Sandro começamos a procurar algo para acertar o cara, quando eu achei uma pistola no meio do mato e comecei dar tiros acertando um fusca que estava parado na calçada, o cara com o taco sumiu eu e Sandro levamos Andersom para casa e começamos a procurar pelo elemento, achamos um carro que começou a falar que a policia escutou os tiros e estava atrás da gente, nisso corremos e fomos ver filme na casa de Sandro, mais a esposa dele sentiu um clima de desconfiança e perguntou o que agente tinha feito de errado na rua
praia e pedras com óleo / xandre

Estava passeando pelas ruas em Itajaí quando encontrei um amigo de infância André que me convidou para ir até a praia do Atalaia para pegar ondas concordei e fomos, mais quando cheguei vi que a praia estava totalmente diferente do tempo que morei por la, água estava super poluída e as pedras que agente usava para poder sair depois da arrebentação estavam todas sujas de óleo, a gente tentava subir e escorregava e embaixo ficavam alguns caranguejos todos sujos também, e quando os caranguejos encostavam na gente davam descargas elétricas fortíssimas. Fiquei com medo e queria ir embora, André começou a rir a me chamar de medroso, falei que não ia mais, foi quando ele conseguiu subir na pedra sem escorregar e sumiu indo mar adentro.
canario belga cantando / xandre

Estava sentado na varanda da casa onde morei em Itajaí quando vi dois canários belgas um amarelo e outro branco cantando em cima de uma goiabeira corri para pegar um alçapão, queria de qualquer jeito pegar pelo menos um, os dois cantavam muito quando tentei pegar o amarelo ele me beliscou com força mesmo assim segurei pela asa e coloquei dentro da gaiola quando apareceu uma mulher mandando soltar o bicho, pois ela uma covardia deixar ele preso, mandei a mulher se catar e falei que não soltaria de jeito nenhum então ela disse que ia chamar o IBAMA para me prender, eu comecei a rir da cara dela dizendo que o IBAMA não m prenderia, pois canário belga pode ser criado em casa…
Assaltado / xandre

Sonhei que estava saindo do trabalho esperando o ônibus no terminal em Niterói quando entrei esqueci minha mochila no ponto e os pivetes levaram, desci correndo do ônibus e fui atraz mais de trinta pivetes me cercaram e eu fugi quando passou um carro da policia entrei na frente, contei o que aconteceu e eles mandaram entrar para ver se achava os pivetes, andamos muito começou a chover, o tempo virou fez sol anoiteceu e amanheceu e nada de encontrar os pivetes depois disso tudo os policias me mandaram descer e parar de contar mentira me apontando uma pistola na cabeça falando que da próxima vez iriam atira em mim.
Cobras cortadas / xandre

Estava no tanque na minha antiga casa em Itajaí lavando minha roupa quando der repente eu virei para traz e vi uma cobra que vinha em minha direção com o bote armado, peguei a vassoura e dei um golpe bem no meio cortando em dois pedaços, depois dei mais golpes e cortando em mais pedaços, mais o estranho é que todos os pedaços vinham em minha direção para me atacar.
Jogando bola na chuva / xandre

Estava chovendo muito e encontrei uns amigos no meio da rua, pegamos algumas pedras e montamos um gol de praia começamos a jogar uma pelada, vento muito forte e a água da chuva levava a bola para um lado e para o outro quando alguém fazia um gol relâmpagos iluminavam tudo.
Pichando muros em Itajai / xandre

Sonhei que tinha ido passar férias em Itajaí onde passei boa parte da minha vida, quando cheguei à rua onde morava encontrei dois amigos de infância Rodrigo e Rafael que estavam com uma lata de spray na mão, saímos a noite tava fria e deserta e começamos a pichar os muros andamos muito e a lata de spray não acabava nunca, quando apareceu uma velha e começou a gritar e correr atraz da gente corremos muito até o alto de um morro que tinha uma cruz e uma neblina muito forte.
Dor na mÃO / xandre

Estava com a mão toda dormente sentiu muita dor e meus dedos não mexiam, apareceu um rapaz com camisa branca se dizendo ser médico ele forçava minha mão para cima e para baixo a dor era grande demais, teve um momento que meu dedo caiu e eu dei um grito.
Tomando uma gelada / xandre

Estava em uma rua deserta quando Juliana me chamou e disse que estava super a fim de beber uma gelada, falei que ali não tinha nenhum bar, ela apontou um do lado da gente sentamos e começamos a conversar a cerveja estava super gelada muito boa. Juliana bebia com vontade e perguntou qual era a marca, quando mostrei a lata com o símbolo do Flamengo e disse que era nova schin ela me xingou muito e disse que não queria mais beber essa merda.
Herói do jogo / xandre

Sonhei que jogava no Flamengo era o ultimo jogo do campeonato tínhamos que ganhar senão iríamos ser rebaixado entrei no vestiário nervoso dava para ouvir o grito da torcida, quando entramos em campo vi uma festa linda fogos, sinalizadores e toda torcida empolgada o jogo tava duro quando deu 45 minutos do segundo tempo recebi uma bola corri diblei um zagueiro e bati forte no canto a bola entrou a torcida explodiu de alegria todos vieram me cumprimenta, fui o herói do jogo
Furacão / xandre

Estava passeando pelas ruas de cabo frio quando o tempo virou do nada e começou a ficar tudo escuro e ventar forte o pessoal corri desesperado quando avistei de longe um furacão que estava destruindo tudo ao seu redor fique com medo e comecei a correr só que não achava a pousada onde eu tinha alugado um quarto e nisso o vento ficava mais forte e cada vez mais o furacão se aproximava eu vi cachorros, caranguejos e vacas sendo arrastadas, carro sendo destruídos e pessoas voando com o vento. Ai do nada o tempo virou ficou um sol de escaldar e todo mundo tomando sorvete e indo para a praia se refrescar.
Flamengo campeão / xandre

Eu e meu amigo Jorge colocamos a televisão para fora de casa no quintal e pegamos um monte de cadeiras logo todo mundo chegou era para ver um jogo da final do campeonato Brasileiro entre Flamengo e Vasco, muita gente conhecida e que nunca vi na minha vida quando o Flamengo fez o gol e acabou a partida Jorge chorava muito de emoção começamos a fazer um churrasco e rolou muito cerveja via a alegria no sorriso de todos presente era muita emoção, so que tudo ficou estranho quando o pai do meu amigo enfartou não agüentou a pressão da conquista.
Bobinho / Xandre

Estava caminhando pela rua quando vi um grupo de caras jogando bola perguntei se eu podia participar também começamos a jogar bobinho e quando eu ia pegar a bola ela fazia uma curva estranha e todos ficavam rindo da minha cara assim fiquei de bobo o tempo todo
BANHO FRIO / xandre

sonhei que estava indo para minha casa onde eu morei em ITAJAI chegando na esquina da rua meu colega de infancia Rafael estava pelado com uma mangueira na mão e quando ele me viu me deu um banho super gelado eu comecei a chingar ele e ia partir para a briga quando chegou a irmã dele Roberta e separou tudo, passou um carro tocando funk ela e Rafael começaram a rebolar e dançar chamei ele de viado e fui em direção a minha casa.
piscina e planeta dos macacos / xandre

Estava em uma piscina grande dia quente muita gente tomando banho quando começou a surgir ondas enormes em sequncias quando me abaixei para furar uma levei um caixote e quando voltei a superfície estava em uma ilha cheia de macacos que falavam igual a gente me levaram para o alto de uma montanha onde vi um macaco gigante e um monte de pequenos lutando parecia uma guerra e um homem branco filmando tudo, os macacos me contaram que havia um tipo de lagarta venenosa que matava com um simples ferrão comecei a ficar com medo e corri para um rio próximo mergulhei de cabeça e voltei para a piscina que estava vazia mais a tal lagarta estava do lado de fora me esperando sair.
soltando pipa / xandre

soltando pipaSonhei que estava na rua onde eu morei em Itajaí durante minha infância e um amigo meu da época Juliano estava soltando pipa fui até minha casa e peguei a minha para soltar também mais o vento estava muito forte quase arrebentando a linha da minha pipa, der repente o fio de alta tensão encostou um no outro e deu um estouro os vizinhos todos brigando, comecei a discutir com o meu amigo que puxou a linha da minha mãe e senti cortar meu dedo.
video game..tatoo. gaiola com passarinhos / xandre

video game..tatoo. gaiola com passarinhosEu estava jogando vídeo game com meu primo Rafael só que a televisão subia e descia sem parar fui reclamar com meu primo ele dizia que era a dificuldade do jogo não entendi nada e fiquei irritado com aquilo quando olhei para traz vi uma pessoa na cama toda coberta era meu outro primo Leco que estava com uma tatuagem que pegava do rosto até a barria, um desenho super estranho e a cor da tatoo era toda azul, perguntei por que ele tava todo coberto, ele falou que era para minha vó não ver pois iria brigar muito com ele, eu sai e vi uma gaiola com trez passarinhos dois canários belgas e um periquito comecei a procurar mais gaiolas para separar eles pois não queria os pássaros juntos em um só lugar.
Fabrica de gelo / xandre

tive um sonho no qual eu trabalhava em uma fabrica de gelo em São Paulo o lugar era muito frio, derrepente meu tio Tibuço chegou e disse que tinha que falar com os diretores da fabrica pois eles queria me demitir por que eu deixei uma grande quantidade de gelo derreter dando um grande prejuizo na fabrica, ele tentou muito mais eu fui mandado embora.
Fusca que virou Golf / xandre

sonhei que minha madrinha tinha comprado um fusca branco todo enferrujado ai fiquei triste pois queria ter um carro novo e tal, quando voltei parar ver o carro na garagem, ele tinha virado um golf zero bala todo tunadão e com um som maneirissimo, não acreditei peguei a chave e fui pilotar o carrão mais bati em um poste e destrui tudo
Detran / xandre

fui eu e meu love no detran buscar a carteira de motorista dela chegando la enfrentamos uma fila enorme e quando fomos atentidos por uma gorda que tinha o nariz igual a um penis nos pedindo um dinheiro extra para poder liberar o documento mais rapido, não demos nada e ficamos um tempão esperando a atentendente voltar, todo os outros que trabalhavam la ficavam dançando ,funk e fazendo palhaçadas quando a mulher voltou trouxe um monte de revistas pornograficas invez da carteira de motorista do meu love que chingou muito.
Assasino / Xandre

estava eu, Mauricio e outro cara que nunca vi na vida indo no clube Maua comprar ingresso para um show de forro quando ouvimos no radio da moto de Mauricio que havia um assasino soito pelas ruas, so que ele matava com magias, quando estavamos perto da bilhateria apareceu o tal assasino, lançou um raio no outro homem que estava com agente que morreu na hora, eu corri e me separei do meu amigo para meu azar o assasino veio atraz de mim começamos a brigar e eu consegui segurar no pescoço dele que ficou muito irritado e tentou me morder, comecei a gritar e Mauricio apareceu com uma espadae dando um golpe no pescoço matando o assasino na hora.
Dentes de vampiro / XandRe

meu pai estava sentando em uma varanda olhando para frente quando eu o chamei ele olhou para mim e começou a rir com ums dentes de plastico que nem de vampiros, me assustei e corri cheguei na esquina da rua um amigo meu estava fumando um cigarro fedorento demais perguntei pra ele o que era, ele tentou me enganar dizendo que era cigarro de chocolate, quandoo um outro amigo meu Sandro me chamou de burro e disse que era cigarro de maconha meu amigo que estava fumando não gostou e me deu dois tiros no pé.
Jogando Hockey / xandre

Jogando Hockeyeu era um craque nesse jogo artilheiro em todas as partidas mais tinha um jogo super dificil pelo campeonato brasileiro iriamos jogar ocontra o time e um jogador famoso por dar pancadas e socos nos outros seu apelido era destruidor, quando jogamos contra ele o cara tava com um capacete que cobria seu rosto quando ele tirou vi que era meu tio pai da minha afilhada ele me deu com o taco na minha boca arrancando meus dentes.
Futebol..Corvo..pipas e meus cahorros que ja morreram / Xandre

Futebol..Corvo..pipas e meus cahorros que ja morreramprimeiro eu estava vendo um jogo de futebol em um campo estava lotado quando meu pai apareceu de cadeira de rodas e disse que estava tarde para eu ir embora peguei o caminho em direção a minha casa mais na esquina vi meu amigo Alex soltando pipa e decidi parar um pouco quando pousou um corvo grande e começou a falar que ia cagar na minha cabeça xinguei e sai correndo mais ele me alcançou e pousou na minha cabeça soltando todas as suas penas e quando ele ia cagar em mim dei um tapa fazendo ele cair no chão e não podendo voar mais pois estava todo careca, abri o portão e meu cachorro que ja morreu lamarke e mimosa vieram me lamber, quando cheguei na sala estavam minha prima Thais e Cristiane e minha vó Rosa falando que viu meu cachorro subir por um buraco no meio do quintal achei estranho e fui la ver o tal buraco mais ja não tinha mais nada apenas um pé de manga crescendo no local.
carangueijo / xandre

sonhei que tinha um monte de gente na esquina e derrepente uma vã largava um saco preto com alguma coisa dentro pois tinha um volume e balançava muito, foi quando um cara abriu o saco e saiu um carangueijo enorma de dentro com mais de vinte patas, as pessoas presentes gritavam nossa quantas patas tem esse bicho, muito arisco o carangueijo perseguia e pulava na cabeça dos outros sugando todo o sangue e matando, ele se virou para mim e começou a correr atraz mais eu não conseguia fugir fazia uma força danada para correr e não saia do lugar, eu vi um facão na minha frente e fiquei rodando para o bicho que se defendia com uma de suas patas fazendo o barulho do metal com metal quando o facão batia em suas patas sujas e cheias de cabelo, do nada ouvi um barulho e caiu do céu um raio que exterminou no ato o carangueijo.
Mecanico sujo / xandre

trabalhando em uma oficina no meu primeiro dia recebi um uniforme branquinho limpo, depois de um tempinho estava sujo de graxa cada vez eu sujava mais passava peças de carros com oleo, quando um outro mecanico falou que não adiantava nada sujar meu uniforme que eu teria de trabalhar mais consertar os carros e não se sujar pra falar que que estava trabalhando, foi quando comecei a ficar puto e saimos no tapa, chegando o dono da oficina e mandando eu ir embora, chovia muito eu falei que não iria pois ficaria resfriado, ele falou que não se importava e que eu teria de ir embora assim mesmo, nisso apareceu uma mulher loira com um pano tampando o rosto pediu para eu seguir ela até um ponto de ônibus, quando ela tirou o pano do rosto vi que não era uma mulher mais sim uma caveira de olhos vermelhos

Escritório / xandre

encontrei um grande amigo o peixe e ele me convidou para trabalhar em seu escritorio eu aceitei no ato e fui trabalhar, so que o escritorio era todo maluco na entrada tinha um leão ao lado de uma bela piscina, cresci rapido na agencia e fiquei o dia todo pendurado na internet, mais consegui fazer varias vendas de passagens aéreas mais fui demitido pois o avião explodiu e meu amigo colocou culpa em mim falando que eu coloquei uma bomba e eu trabalhava para o talibã
Vôvo mandou jogar no bicho / Xandre

estava sentando em um campo repleto de arvores e uma vista maravilhosa de um penhasco foi quando um homem veio em minha direção de longe não deu para identificar mais quando foi chegando perto reconheci era meu avo já falecido, que perguntou como eu estava e começou a conversa comigo em uma lingua muito estranha, depois de algum tempinho ele voltou a falar normalmente me abraçou e mandou eu jogar uma centena no jogo do bicho o numero era 137, depois partiu e sumiu do nada
Passeando por Itajai / xandre

estava passeando em itajai cidade na qual morei oito anos, visitei varios amigos de infancia com o qual eu estudei, fui até a praia de cabeçudas onde eu amava tomar banho mais vi um mar super poluido e até uma refinaria de petroleo, depois estava perto do estadio do Marcilio Dias e vi que era duas vezes maior que o maracanã e tinha muitos carros parados por la e quando fechei os olhos estava dentro da casa onde morei e tinha um grande amigo meu de infancia André perguntando se eu estava com medo do frio e não iria cair no mar para pegar onda, falei pra ele que era muita alegria ver ele novamente, ele olhou para mim e sorrio dizendo que tinha saudades de nossas farras e bagunças, quando fechei o olho estava no meu bairro atual com um grande sol iluminando e esquentando tudo e meu primo gritava para sair rapido pois um furacão estava chegando para destruir tudo. ouvi gritos e o som do vento arrancando arvores e destruindo casas.
Julgamento / Xandre

Sonhei que estava em um salão de festas enorme e ali estavam todas as pessoas que eu já conheci na vida amigos de infância de Itajaí, meus amigos do colégio, todos meus parentes inclusive meus avós que já faleceram, todos meus amigos que também já morreram, todas minhas ex namoradas e ate meninas com que só fiquei uma vez na noitada e até alguns inimigos de torcidas organizadas com quem já briguei mais tudo na maior paz muita cerveja e muita comida, meu pai também estava presente ria muito e andava de um lado para o outro, quando derrepente entrou um cara que nunca vi na vida todo de preto dizendo que era a morte e vinha me buscar mais antes teria um julgamento por tudo que eu fiz em vida, quando entrou um outro eu de vermelho dizendo que era tudo de mal que eu fiz e um outro eu de branco dizendo que era tudo de bom que eu tinha feito na vida n trazendo uma televisão de plasma gigante o meu eu de vermelho mostrava fatos malvados e me pedia condenação para ir para o inferno e meu outro eu de branco mostrava fatos de bondade e ajuda que eu tinha praticado e me pedia para me condenarem ao paraíso junto a DEUS. Infelizmente acordei e não sei onde fui parar se lá embaixo ou lá em cima
praia / xandre

estava eu e meu love na praia tudo muito bunito sol, muita gente se divertindo e tomando banho, quando derrepente o mar começou a virar e começaram ondas enormes parecia tsunami, todos começaram a correr quem estava tomando banho foi se afogando e sendo arrastado, engraçado que o mar sercou tudo ate na parte onde não tinha agua, levando todos os meu pertences quando virei e procurei meu amor ela tinha desaparecido, entrei em desepero tentando nadar e descobrir onde ela tinha parado mais foi em vão pois não consegui encontrar ninguem apenas um homem que falava ingles e vestia a camisa do flamengo, tinha cara de maluco e tava todo cheio de algas no cabelo e sangrando muito pelos olhos.
dirigindo uma kombi / xandre

dirigia uma kombi branca cheia de materias de construção quando avistei minha mãe, tentava parar para poder pega-la mais o freio não funcionava nunca, o sol ficava cada vez mais quente e a noite caia minha mãe gritava muito mais a kombi nunca parava o freio não funcionava eu ja estava ficando nervoso e ficava sempre aquele esquema do sol e a lua subindo e descendo super rapido, foi quando minha mãe sumiu e apareceu um cachorro que tinha olhos vermelhos e estava muito irritado com o barulho que fazia o motor da kombi, parei em frente a um predio enorme e comecei a subir as escadas em cada andar tinha uma moto parada com um cara sempre o mesmo em cima querendo descer pelas escadas com a moto funcionando.
cemitério / xandre

Tive um sonho muito estranho hoje sonhei que estava no cemitério em um enterro só que eu não conhecia a pessoa e tinha uma multidão acompanhando tambem, depois que o fulano foi enterrado começou uma grande confusão brigas e tumultos comecei a correr até chegar na rua, avistei trez amigos meus que estavam bebendo e dançando em um bar chamei um pelo nome que veio e começou a me mostrar meu carro em cima de um tipo de macaco, incrivel que meu carro tinha doze rodas e todas elas estavam fora, meus amigos começaram a me ajudar a colocar as rodas nos lugares foi quando minha mão passou e me chamou para ir embora dizendo que ali era muito perigoso.
Call of duty / xandre

sonhei que estava jogando call of duty e derrepente o monitor me puxava para dentro do jogo e me via no meio da guerra, com uma arma bem maior que a dos outros bonecos, que me perguntavam toda hora por que eu não morria ao receber tiros, era muito louco tudo explodindo e aviões sobrevoavam e despejavam bombas em cima de tudo, foi quando apareceu um amigo meu de infancia que não via a anos e me mostrava o caminho de volta para minha sala onde eu me via jogando no pc.