Drömma

aisling . dream . rêve . sogno . sonho . sueño . traum . śnić
Drömma Dreaming Logger — Coleção de Sonhos — Sonhário
perdidos / li

perdidosUma flor vermelha caminhava na Avenida Borges de Medeiros, em Porto Alegre, junto com o seu namorado, um sapo. Os dois, pequenos seres no meio da multidão, se perderam nas ruas do centro da cidade. Eles não sabiam voltar para casa, entravam em ruas cinzas e desconhecidas, fazendo a cidade parecer estranha. A flor estava angustiada, pois tinha leucemia e estava cansada. O sapo começou a ser perseguido por algo/alguém sem saber o motivo disso. Sentiam medo e correram. A flor escondeu o sapo atrás de um poste e protegia-o. Eles começaram a correr em círculos, em volta do poste, para despistar o inimigo. A flor dizia que não se sentia bem e fazia juras de amor ao sapo, pois sabia que logo iria morrer. Quanto mais corria, a flor ia murchando e a cor vermelha de suas pétalas transformava-se em tons mais pálidos. O sapo dizia que eles corriam para esquecer que não iam poder se amar por muito tempo.