Drömma

aisling . dream . rêve . sogno . sonho . sueño . traum . śnić
Drömma Dreaming Logger — Coleção de Sonhos — Sonhário
Linhas de luz no mar e um ET / Hannap

Sonhei que estava caminhando na areia da praia com o meu pai. Chegamos ao final da praia, onde havia uma pedra. Lá estavam a Aninha e o Rui, amigos do meu pai.
Eu comecei a conversar com a Aninha e reclamar do meu pai. Contava pra ela que ele tinha feito isso e aquilo. Eram atitudes dele que eu achava muito infantis. A Aninha concordava e dizia: Ahhh, teu pai é assim mesmo. Eu sei como é. É foda.

De repente o céu começou a ficar escuro. Uma nuvem preta gigante chegou e começou um redemoinho no mar. O redemoinho andou pela beira da água. Alguns raios começaram no céu.

Por entre as nuvens pretas tinham entradas de sol. Os raios desenhavam linhas no mar. Tava muito bonito! As linhas faziam uns grafismos laranja no mar escuro.

Eu peguei meu celular pra fotografar. Fui até a beira da água e achei lindo aqueles desenhos laranja que apareciam, se transformavam e sumiam. Resolvi fazer um vídeo.

Comecei a filmar o desenho na água e pela tela do celular eu vi uma mandala se formando e aparecendo uma fumaça e uma explosão. Isso só aparecia na tela do celular. Na vida real não aparecia nada. Quando deu a explosão na tela eu saí correndo.
Esta mesma cena que eu estava filmando aconteceu 2 segundos depois na vida real.

Depois eu fui ver o vídeo e na hora da explosão, sobre a mandala, aparece um ET olhando pra mim. Eu fiquei muito eufórico por ter filmado um ET.

Aí eu fui pra casa do Dimitre. Eu tinha várias pimentas na minha mochila e resolvi dividir com ele.
Tinha biribiri, pimenta de cheiro, dedo de moça. Ele tinha outras coisas também e começamos a dividir.

Tomamos um café e eu falei que estava com um vídeo muito especial pra mostrar pra ele. Era o vídeo do ET. Só que o meu celular estava só com 1% de bateria. Ele sugeriu de vermos no computador pois ele já queria copiar o arquivo. Eu tava meio em dúvida e disse que preferia ver no celular mesmo. Só precisávamos de um carregador.

O sonho acabou antes de vermos o vídeo.
Cobra, supermercado / Petúnia

Não lembro do sonho inteiro, mas me recordo de um trecho específico que vou relatar aqui. Estava em um supermercado com a minha mãe. Acho que meu pai e minha filha também estavam lá. Minha mãe ia conduzindo o carrinho procurando produtos. Passava perto dela um cara de óculos escuros, stalkeando e chegando cada vez mais perto, não sei se para intimidar/assustar. Comecei a perseguí-lo para enxotar do supermercado. Corri atrás dele até a saída, já fora do supermercado, parti para cima do sujeito. Aí a coisa ficou meio nebulosa, de repente o cara era uma cobra que eu estava sufocando, mas que tentava se salvar e me atacar ao mesmo tempo.
Noite passada / Petunia

Sonhei com escola (de onde estudava), interpolada com minha própria residência. Tinha o meu crush da época do ensino médio nesse sonho e ele oscilava entre tranquilo e babaca. Em dado momento vi um grande inseto redondo de “barriga para cima” sobre uma mesa de cabeceira. Era uma joaninha (joanona, na verdade, por causa do tamanho). Tenho pavor de insetos. Falei com minha mãe que também estava presente no sonho. Ela me disse que era para pegar bastante papel toalha, catar o insetão e jogar fora. Foi o que fiz. Acordei com a sensação de que estava jogando fora a joanona e todo seu potencial e significado que podia ser desvendado.
escorpiāo / artemis

Encontro um grande escorpiāo morto e seco, embaixo de um escombro de esfagno (risos), pensei em P. Mas também pode significar a morte do Ego, que é o ascendente, o meu é em escorpiāo. So are his.
escorpiāo / artemis

Encontro um grande escorpiāo morto e seco, embaixo de um escombro de esfagno (risos), pensei em P. Mas também pode significar a morte do Ego, que é o ascendente, o meu é em escorpiāo. So are his.
Quebrou as pernas - pesadelo / hannap

Sonhei que havia feito uma peça de cerâmica muito bonita.
Era uma saboneteira com 4 patas. As cores estavam bonitas!
Porém uma das patas havia quebrado. Não era um problema, pois eu ia colar com super bonder.
Fui para outro ambiente e quando voltei para a sala a Mel havia quebrado as outras 3 patas da saboneteira, de propósito. Eu fiquei sem entender e ela disse que era assim mesmo, para ficarem todas iguais.
Fiquei muito triste e com raiva. Acordei gritando e chorando.
perseguição / chuazinha

Julia ia atrás de mim.
A gente tinha brigado parecia que pra sempre. Ela tinha feito algo e se tornado outra pessoa, fazia agora esquema de pirâmide. Ela trocava um produto de pele por cif, eu usava sem saber causando uma reação de pele. Eu era chamada atenção. Ninguém acreditava em mim, só poucas pessoas que vinham falar cmg (3).
Estava num um quarto que era o dela, eu era chamada atenção por tentar avisar sobre ela e também por evitá-la.
Usava jóias. Queria ir embora ela vinha vindo atrás queria falar cmg mas não era real. Era meio macabro, meio esquisito, ela queria que eu parasse de falar que ela estava sendo falsa mas eu me sentia com medo, meio ameaçada com risco de vida, e TB MT magoada, triste, a gente tinha sido melhor amiga e agora aquilo...
Ia andando, uma pessoa veio ficar do meu lado, ela acreditou em mim, foi andando cmg. Ela achava que eu tinha que simplesmente continuar a vida e ignorar a Julia, mas era MT difícil pra mim, ela me perseguia.
família / chuazinha

Sonhei que meu colar arrebentava e minha mãe brigava comigo. Tinha um homem perto que era um pai bêbado e ele ficava sabendo que tinha um filho fora do casamento, a Julia via pela expressão dele que era isso e contava pra gente.
sonhei com o passado / chuazinha

Num clube com piscina estava com uma amiga n lembro quem era, o DJ da rádio falava que ia lançar um clipe novo do weezer mas que ele não ia dar a camiseta nem o pacote promocional pq era MT fácil distruibir. Ele ia ficar pra ele. Eu achava isso bizarro, e ficava zoando, falava como se ele já não usasse o fato tosco de ser DJ para transar com mulheres. Daí ele começava a tocar a música eu e minha amiga resolvíamos cantar junto; a música era algo como: "Droplets on my throat"
Outras pessoas começavam a atuar a música TB, o DJ filmava a gente com uma cybershot.
roubo / chuazinha

Estava num clube, sentada numa mesa trabalhando do lado de fora do meu quarto. Passavam dois caras gringos muito loiros por mim, entravam no meu quarto e saiam MT rápido, eu não entendia. Tentei segurar um deles ele se desvencilhou.
Entrei no quarto e eles tinham roubado minha mala. Eu saia correndo atrás deles, falando que eles tinham roubado minhas coisas. O clube era numa praia que estava muito cheia, ia ter um evento de religião. Primeiro eram religiões africanas depois ia aparecer o Papa. Eu perdia eles de vista. 
Entrava no clube e continua procurando, era meio como se fosse o rio Sul e aquela parte de Botafogo. Eu pedia ajuda para uma moça, a gente olhava nos banheiros e saunas. Eu via eles no elevador, apertava o botão para segurar a porta mas mais uma vez eles escapavam. O elevador desceu e depois subiu pro nove e voltou pro 10 quer era o meu andar. Eu entendia que eles tinham feito isso para me desviar. 
Saltava no nove e era o andar de saída de aeroporto, de decolagens. Eles iam viajar para escapar. Eu ficava sem entender porquê eles queriam a minha mala. Achava eles numa sala armário, sentava numa caixa, entendia que minha mala.tinha virado um envelope que eles iam repassar para alguém, era algo proibido tipo drogas. Eu achava onde tinham escondido e pegava, guardava dentro da minha calça e ia embora pensando que a pessoa que ia receber aquele envelope agora ia vir atrás de mim.